Executivo de Sobradinho discute plano de carreira com os professores

No início do mês, o Executivo havia enviado o projeto original para a Câmara, mas acabou pedindo a sua retirada de tramitação, atendendo pedido do sindicato dos servidores municipais, após repercussão negativa da matéria entre os professores.

mar 19, 2022

Foto: Divulgação

Uma nova proposta para o plano de carreira dos professores municipais foi apresentada esta semana. O assunto foi discutido entre o prefeito de Sobradinho Armando Mayerhofer, representantes dos professores da rede municipal, o secretário de Educação e vice-prefeito Ivan Trevisan, representantes do sindicato dos servidores e demais secretários municipais. Mayerhofer apresentou a proposta do novo plano de carreira e ouviu a posição dos servidores. A reunião foi concluída com a aceitação unânime do plano, após avaliação dos professores presentes.

No início do mês, o Executivo havia enviado o projeto original para a Câmara, mas acabou pedindo a sua retirada de tramitação, atendendo pedido do sindicato dos servidores municipais, após repercussão negativa da matéria entre os professores.  Entre os pontos acordados, estão alterações em função da implementação do novo piso do Magistério. Já o plano desde 2010 não vinha sido revisado.  Segundo o prefeito Armando Mauyerhofer, o projeto prevê que quem tem magistério, poderá prestar concurso a ingressar series iniciais.  Ficou definido ainda que o plano vai ser revisado a cada 5 anos e foi definido os percentuais de avanço entre níveis e classes.

Mayerhofer destaca que é uma questão legal as prefeituras pagarem o piso do magistério, para que futuramente isso não gere precatórios. O projeto vai ser protocolado segunda-feira na Câmara de Vereadores para apreciação dos parlamentares, prevendo ainda que os valores definidos sejam pagos retroativos a janeiro.