Uso da máscara deixa de ser obrigatório também em locais fechados no Centro Serra

A decisão pela flexibilização do uso da máscara foi unanime entre os Prefeitos que integram a AMCSERAA, e vem embasada após análise dos boletins informativos.

mar 22, 2022

A Associação dos Municípios do Centro Serra esteve reunida na tarde desta segunda-feira (21), em Assembleia Geral Extraordinária. No encontro ficou definido que o uso da máscara de proteção individual deixa de ser obrigatório e passa a ser facultativo também em locais fechados de uso coletivo nos municípios que integram a entidade. Anteriormente, os prefeitos já haviam desobrigado o uso da proteção em locais abertos, tornando-o facultativo.

Em alguns locais, no entanto, ela permanece obrigatória. Isso vale para hospitais, unidades de atendimento à saúde pública ou privada, aos trabalhadores da saúde, inclusive estagiários, pacientes, acompanhantes, pessoas infectadas ou suspeitas de estarem com o Coronavírus, durante o período de transmissão ou que apresentam sintomas gripais. Também permanece obrigatório o uso das máscaras em ambiente escolar fechado, ou seja, nas sala de aula  e no transporte escolar. Os estabelecimentos públicos ou privados poderão solicitar o uso da máscara quando julgarem necessário, desde que possua cartaz informativo afixado em espaço de ampla visualização.

A decisão pela flexibilização do uso da máscara foi unanime entre os Prefeitos que integram a AMCSERAA, e vem embasada após análise dos boletins informativos. Observa-se na região 27 – Cachoeira do Sul, que houve diminuição na velocidade de avanço da doença e queda dos números da pandemia nas últimas semanas, e os indicadores da pandemia levam a crer na tendência de redução ainda maior. Esta regra poderá ser revista a qualquer tempo, de acordo com as taxas e índices de transmissibilidade da COVID-19.

A decisão da AMCSERRA vale para os 12 municípios que integram a entidade: Arroio do Tigre, Cerro Branco, Estrela Velha, Ibarama, Jacuizinho, Lagoa Bonita do Sul, Lagoão, Novo Cabrais, Passa sete, Segredo, Sobradinho e Tunas.