Presidente do Sicredi Centro Serra destaca importância dos projetos do Fundo Social

Em entrevista ao programa ENFOQUE desta segunda-feira (09), o presidente da Sicredi Centro Serra lembrou que cada município tem um valor diferente, calculado com base no número de associados e dos resultados obtidos pela agência local.

maio 9, 2022

Foto: Divulgação/Sicredi

Seguem abertas as inscrições de projetos para financiar ações que contribuam para o desenvolvimento das comunidades por meio do Fundo Social da Sicredi Centro Serra. Os recursos são formados por um percentual das sobras da cooperativa e neste ano totalizam mais de R$ 850 mil. O Fundo existe desde 2020, quando os associados da cooperativa aprovaram a destinação da verba, voltada ao apoio de ações desenvolvidas por entidades com foco nas áreas da educação, cultura, esporte, meio ambiente, segurança, saúde e de inclusão social.

Em entrevista ao programa ENFOQUE desta segunda-feira (09), o presidente da Sicredi Centro Serra lembrou que cada município tem um valor diferente, calculado com base no número de associados e dos resultados obtidos pela agência local. Isso significa que quanto mais os associados investem ou mais produtos e serviços utilizarem, maior será o recurso destinado às entidades através dos projetos sociais. Egídio Morsch explicou que os projetos são avaliados pelos coordenadores de núcleo do município onde o projeto é apresentado.

Em 2020, o valor total do Fundo, R$ 450 mil, foi destinado para hospitais filantrópicos e secretarias municipais de saúde para contribuir no enfrentamento da Covid-19. Em 2021, o Fundo Social da cooperativa contemplou 39 entidades da região com mais de R$ 430 mil. Com o aporte deste ano, as destinações irão superar R$ 1,7 milhão. A inscrição dos projetos será feita até o próximo dia 31 de maio. As entidades interessadas podem conferir o regulamento completo e demais documentos para a inscrição dos projetos na página do Sicredi Centro Serra na internet. (https://www.sicredi.com.br/centroserra)