Instituto Crescer Legal vai certificar 155 jovens aprendizes rurais

Segundo o diretor presidente do Instituto, Iro Schünke, que irá entregar os certificados nesta quarta-feira, 13, ao todo, foram 800 horas de curso, entre março e dezembro, no contraturno escolar

dez 11, 2023

Foto: Divulgação

Desde março, 155 adolescentes de sete regiões do Rio Grande do Sul e Santa Catarina, se envolveram com as atividades do curso de Gestão Rural e Empreendedorismo no contraturno escolar. Em 2023, o Programa de Aprendizagem Profissional Rural do Instituto Crescer Legal abrangeu os municípios gaúchos de Agudo, Canguçu, Novo Cabrais, Progresso, Rio Pardo e São Lourenço do Sul, além de Itaiópolis (SC).

Segundo o diretor presidente do Instituto, Iro Schünke, que vai pessoalmente entregar os certificados nesta quarta-feira, 13, ao todo, foram 800 horas de curso, entre março e dezembro, no contraturno escolar. As atividades presenciais seguiram o calendário escolar dos municípios parceiros que ofereceram o espaço para a realização das atividades, alimentação e logística de transporte diário para viabilizar o atendimento dos adolescentes nas comunidades onde vivem.

Os participantes foram contratados como jovens aprendizes pelas indústrias associadas e apoiadoras do Instituto Crescer Legal e receberam salário proporcional a 20 horas semanais, mas ao invés de trabalharem nas empresas, participam do curso de gestão rural e empreendedorismo no contraturno escolar, com atividades teóricas e práticas concomitantes conduzidas pelo Instituto em suas comunidades.