A mesa diretora da Câmara de Vereadores de Sobradinho, apresentou ofício solicitando ao Executivo que o Projeto de Lei 73/2022 que prevê recursos para construção da estátua de Jesus Cristo, recursos extras para uma praça na FEJÃO e casas populares, seja desmembrado em três projetos de lei para apreciação dos vereadores. Em entrevista à Rádio Sobradinho, o presidente do Legislativo Jeferson Matana (PSB), disse estranhar a atitude do Executivo, que não dá a opção de votar separadamente as matérias, lembrando que também foi colocada na pauta da sessão e baixado para estudos, a compra de uma escavadeira hidráulica em projeto separado.

O presidente lembrou que Janderson Nunes (PP), é um vereador que já declarou voto contrário a construção da estátua de Jesus Cristo, mas é favorável ao projeto das casas populares. O projeto apresentado, só tem a opção de votar favorável ou contrário aos três itens. Gerson Shirmer (MDB), vereador da situação, disse na tribuna acreditar que o Executivo vai alterar o projeto de lei 73, que trata sobre as três matérias diferentes.  Jeferson Matana também revelou que se precisar votar para desempatar o projeto do Cristo, ele será contra, devido ao alto custo da obra, pois segundo seus cálculos, o total da obra deverá chegar a R$ 4 milhões de reais quando incluir a construção, pavimentação e construção das redes de água e luz.

Já o proprietário do terreno onde se projeta a construção da imagem, disse que até agora ninguém avaliou a sua doação. Tuki Siman lembra que o local é uma área nobre, e que foi escolhida pelo Executivo, apoiadores e pelos futuros responsáveis pela obra. Siman revela que a área agora solicitada é maior do que a primeira localização sugerida, correspondendo a cerca de 7 terrenos, chegando a uma avaliação de mercado de R$ 800 mil reais. Siman revela que ficará limitado em construir nos terrenos que ficarão em frente à a imagem, sendo que sua doação ao todo é avaliada em cerca de R$ 1,5 milhão. “Eu estava quieto em casa e fui procurado pela Administração para fazer a doação, e aí cai o mundo sobre mim, como se eu tivesse roubando ou fazendo algo de errado! Fazem questão de criar polêmica, e é gente me desaforando no Facebook, ficam falando bobagem por aí. Ninguém fala o preço do terreno, alguém doaria uma área nesse valor?”, desabafa Tuki Siman.

O projeto baixado em comissões na Câmara de Vereadores de Sobradinho, prevê a doação de área no loteamento localizado nas imediações do antigo acesso a Sobradinho por Granja do Silêncio, para a construção da estátua de Jesus Cristo. A área nobre foi elogiada por Markus Moura, provável construtor da imagem. Em entrevista à Rádio Sobradinho, ele avaliou que o local é perfeito pela paisagem e o pôr do sol, e isso o deixou admirado. A área também permite uma ampla visão para a cidade de Sobradinho.