Vereadores de Sobradinho debatem sobre construção da imagem de Cristo

Os vereadores Helton Vendruscollo, do MDB, líder do governo na Câmara, e Miguel Vieira, do Progressistas, apresentaram seus argumentos a respeito.

mar 24, 2022

Foto: Henrique Lindner/Rádio Sobradinho AM

A construção da imagem de Cristo na cidade foi tema de debate nesta quinta-feira (24), no programa Enfoque da Rádio Sobradinho. Os vereadores Helton Vendruscollo, do MDB, líder do governo na Câmara, e Miguel Vieira, do Progressistas, apresentaram seus argumentos a respeito. Vendruscullo lembrou que o assunto já está definido uma vez que a Câmara aprovou recursos para a obra no orçamento municipal, e a imagem será uma forma de desenvolver o turismo na cidade, sendo mais uma atração a se somar à Rota dos Casarões de Campestre.

Para ele, o custo da obra não deverá passar de 1 milhão e 200 mil reais e que será um investimento permanente para o município. Miguel Vieira afirmou que não é contra a obra, mas defende a realização de um plebiscito para ouvir a comunidade. Ele calcula que serão necessário 2 milhões de reais. O ex-prefeito disse ainda que é necessário deixar mais claro quais serão as obrigações do município e do doador da área para a construção da imagem.

O local escolhido é o loteamento do empreendedor Tuki Siman, nas imediações do antigo acesso a Sobradinho por Granja do Silêncio. Vieira também disse que para fazer turismo também é necessário cuidar das atrações já existes, como a Casa Temática da Praça 3 de Dezembro e o Parque da Fejão, cuja manutenção estaria deixando muito a desejar.

O vereador Valdecir Bilhan, do PTB, também participou da entrevista. Ele defendeu a construção do monumento e afirmou que é necessário pensar grande para desenvolver o município e colocou em dúvida se um plebiscito poderia realmente ser útil para o debate. Ele lembrou que em outras épocas havia contestações a certas obras que depois passaram a ser admiradas pela população, como a Praça Cornedo Vicentino.  O projeto de doação do terreno para a construção da imagem de Cristo poderá ser votado na próxima segunda-feira pela Câmara de Vereadores. Apesar das divergências, o projeto deverá ser aprovado.