O vereador de Sobradinho Jeferson Matana (PSB), manifestou preocupação com o anúncio feito pelo prefeito de Arroio do Tigre, Marciano Ravanello (Progressistas), de levar para seu município uma parte do atendimento do futuro Centro de Especialidades Médicas e Telemedicina. O Centro está projetado para ser construído em Sobradinho, na entrada para o Bairro Quinca. Em entrevista nesta segunda-feira (10), ao programa Enfoque da Rádio Sobradinho AM, o vereador disse que desde o início, as tratativas previam oferecer todo o serviço em Sobradinho. Na última sexta-feira (07), Ravanello, também em entrevista ao programa Enfoque, na condição de presidente do Consórcio Intermunicipal Vale do Jacuí, anunciou que pretende antecipar a oferta do serviço levando para Arroio do Tigre uma parte dos médicos especialistas. Marciano garantiu que, após a construção do Centro, estes serviços seriam todos centralizados em Sobradinho.

O vereador, Matana, no entanto, manifestou receio de que, após a conclusão da obra – provavelmente entre 2024 e 2025 – o futuro prefeito de Arroio do Tigre, dificilmente aceitará encerrar o atendimento em seu município, e transferi-lo para Sobradinho. Para o vereador, isso poderá inviabilizar o projeto. Jeferson Matana lembrou que a falta de entendimento entre os municípios da região, no passado, foi um dos motivos que impediu a implantação de Instituto Federal Agrícola no Centro Serra.

Na entrevista desta segunda-feira, o parlamentar agradeceu os Sindicatos de Trabalhadores Rurais da região que aceitaram abrir mão de destinar suas emendas parlamentares individuais para colocar os recursos nesta obra. Jéferson Matana lembrou ainda que a implantação do Centro de Especialidades Médicas e Telemedicina em Sobradinho, foi apresentada à ele, pelo então Diretor Executivo do Consórcio Intermunicipal Vale do Jacuí, Vanoir Köhler.

A partir disso, o vereador buscou apoio dos Sindicatos e Prefeitos, e obteve a liberação de emenda parlamentar de R$ 1,5 milhão de reais, liberada pelo Deputado Federal Heitor Schuh, do PSB. Conforme Matana, a ideia inicial era oferecer o serviço de forma antecipada no sobre piso do Banco do Brasil, onde até o ano passado funcionava o Fórum de Sobradinho, passando os serviços para o Centro, após sua conclusão. O vereador disse ainda ser necessário pensar para o futuro, a implantação de serviços que darão sequência aos atendimentos especializados nos hospitais da região, citando como exemplo, a traumatologia.