Sobradinho promove atividades para marcar o Dia do Patrimônio Cultural

Serão desenvolvidas atividades voltadas ao reconhecimento, sensibilização, valorização e preservação do patrimônio cultural

ago 2, 2021

A Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Turismo e Desporto e a Casa da Cultura Amário João Lazzari, lançaram o evento que se refere ao Dia Estadual do Patrimônio Cultural. A 3ª Edição do Dia Estadual do Patrimônio Cultural, será em 14 de agosto, data comemorativa em que a Secretaria Estadual da Cultural convida os municípios, instituições e coletivos governamentais e não governamentais, gestores e produtores da cultura, para desenvolverem atividades voltadas ao reconhecimento, sensibilização, valorização e preservação do patrimônio cultural.

Para tratar do assunto, estiveram reunidos no Museu Municipal, o prefeito, Armando Mayerhofer; o vice-prefeito e secretário de Educação, Cultura, Turismo e Desporto, Ivan Trevisan; a diretora de Cultura, Ingrid Hermes; o presidente da Academia Centro Serra de Letras, Gerson Lisboa, e a vice-presidente, Clara Montagner, bem como, a equipe da Casa da Cultura. Segundo Ivan Trevisan, este resgate e registro é fundamental, uma vez que os anos passam, e quem sabe daqui há algumas décadas, as futuras gerações irão visualizar este material e saberão mais sobre a história de seus antecessores.

Gerson Lisboa parabenizou a iniciativa e colocou a Academia Centro Serra de Letras à disposição para ajudar a resgatar estas histórias, enfatizando a relevância dos mantenedores de tais memórias em registrá-las e, assim, passá-las adiante. O prefeito Armando Mayerhofer ressaltou o trabalho que vem sendo feito pela equipe da Casa da Cultura e a parceria com a Academia Centro Serra de Letras, e destacou que poder resgatar a memória destas entidades é de fundamental importância, pois, isso acaba se perdendo com o tempo. De acordo com Ingrid Hermes essa celebração foi decretada em 2019, e desde então, é fomentada pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul através da atuação da Secretaria Estadual da Cultura. Esta atividade pretende envolver, cada vez mais, a comunidade com seu patrimônio cultural, ao serem expectadores e mediadores das programações culturais.

Acredita-se que o cidadão, ao reconhecer o patrimônio cultural da sua região, atuará ativamente na sua valorização e preservação. O patrimônio cultural pode ser definido como um conjunto de saberes e manifestações de uma comunidade, que lhes confere traços identitários próprios. Ingrid ressalta que a memória coletiva de um povo pode ser identificada em lugares, objetos, festas, receitas culinárias, saberes medicinais tradicionais, entre outras representações que carregam significados das formas de viver, constituindo sua cultura o que fazem de cada povo ou comunidade únicos. Por isso é imprescindível que os grupos sociais reflitam e se mobilizem em relação ao seu próprio patrimônio. No intuito de envolver a comunidade no reconhecimento e valorização dos bens culturais e das pessoas que formam o patrimônio cultural, trazemos como temática para o 3º Dia Estadual do Patrimônio, a Educação Patrimonial.

A Diretora da Cultura ressalta que o Patrimônio Cultural de Sobradinho é muito rico e diverso, e merece ser reconhecido, valorizado e preservado. Nesse sentido, o município convida a todos a participarem com o relato histórico das entidades locais atuantes ou que já atuaram em Sobradinho. Neste histórico deverão constar o nome da entidade, data de criação, finalidade, diretorias, histórico e imagens com a descrição. Ingrid Hermes lembra que aquele que não puder digitar ou tiver dificuldades para isso, pode entrar em contato com a Casa da Cultura que receberá orientação e ajuda. A Academia Centro Serra de Letras também se coloca à disposição para colaborar com estes registros.