Secretário da Saúde de Sobradinho diz estar preocupado com possível colapso na Saúde

Idelfonso Barbosa disse que muitas pessoas precisam de exames especiais que não são disponibilizados pelo SUS, o que tem aumentado consideravelmente os custos investidos

nov 9, 2021

Foto: Arquivo/Rádio Sobradinho AM

O Secretário da Saúde de Sobradinho utilizou a tribuna da Câmara de Vereadores na noite desta segunda-feira (08), para falar sobre questões que preocupam o setor. Idelfonso Barbosa disse que muitas pessoas precisam de exames especiais que não são disponibilizados pelo SUS, o que tem aumentado consideravelmente os custos investidos. Barbosa se diz preocupado com um possível colapso do sistema de saúde, uma vez que a demanda de atendimentos tem aumentado significativamente. Ele justifica que nos últimos dois anos a atenção se voltou à pandemia da Covid-19, e as outras patologias não foram tratadas adequadamente.

O secretário revelou que os ESFs e o Pronto Atendimento não estão comportando as demandas de consultas, medicamentos e exames. “ Quarenta pessoas estão passando por dia no pronto atendimento e 40 pessoas na abertura de um ESF… isso não é normal” salientou o secretário. Ele também revelou que os veículos da prefeitura estão sendo insuficientes para atender às demandas, uma vez que agora paciente que tinham procedimentos agendados em hospitais de referência antes da pandemi, estão sendo chamados; Ele revelou que no final de semana estavam previstas duas viagens, e acabaram sendo sete. Um dos motivos também do grande número de viagens, é quando um paciente recebe alta, até mesmo a noite, sendo preciso preciso agora busca-lo imediatamente, pois o hospital exige o leito.

O secretário da Saúde de Sobradinho também pediu paciência, pois muitas pessoas querem um veículo só pra ela, um médico só pra ela, uma farmácia à disposição e o melhor leito de hospital. Ele ressalta que a situação precisa ser avaliada, “ A população esperou devido à pandemia, e agora todo mundo quer pra ontem”, destacou o secretário da Saúde de Sobradinho Idelfonso Barbosa.