Projeto Horta Solidária vai beneficiar cerca de 80 famílias atendidas pela APAE

Além da doação para a APAE, a produção da horta do presídio é utilizada na alimentação dos apenados e para doações a entidades diversas

abr 26, 2022

A horta mantida pelo Presídio Estadual de Sobradinho passará a beneficiar cerca de 80 famílias atendidas pela APAE. O cultivo das hortaliças que é feito pelos apenados passou a receber a assistência da EMATER. Com o aumento da produção, uma parte será doada para as famílias mais necessitadas atendidas pela APAE. Serão 20 kits de produtos por semana, entre eles alface, couve, mandioca, cenoura e batata doce.  O presídio possui nove canteiros de 50 metros, com capacidade de 800 mudas cada um.

A extensionista da EMATER, Maiquiele Schaefer Roso, explica que o Projeto Horta Solidária abrange os três pilares da sustentabilidade: o econômico, o ambiental e o social. Está nos planos ainda a introdução de um reservatório de água para a irrigação da horta e a implantação futura de meliponas, ou seja, abelhas sem ferrão com o objetivo de melhorar a polinização. Além da doação para a APAE, a produção da horta do presídio é utilizada na alimentação dos apenados e para doações a entidades diversas. O projeto conta com doações da comunidade e necessita atualmente de costaneiras ou telhas usadas, mangueiras para irrigação, lona plástica e sombrite para os canteiros.