Programação especial comemora os 30 anos do Verde é Vida da Afubra

Programa foi criado a partir de trabalhos iniciados desde a fundação da entidade, em 1955, quando já se orientava aos fumicultores sobre a diversificação de culturas

jul 29, 2021

Foto: Divulgação

Uma intensa programação será desenvolvida durante o mês de agosto para marcar os 30 anos do Verde é Vida, programa permanente de ação socioambiental e educação rural, mantido pela Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), em parceria com escolas do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. O Verde é Vida foi criado a partir de trabalhos iniciados pela Afubra desde a fundação da entidade, em 1955, quando já se orientava aos fumicultores sobre a diversificação de culturas.

Em 1981 este trabalho de incentivo à diversificação e à preservação ambiental teve um reforço, com a assinatura do primeiro convênio com o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal (IBDF) para o reflorestamento das propriedades rurais. Em 1986, a Afubra iniciou campanhas de educação ambiental com a distribuição de mudas nativas. Com o incremento destas ações de conscientização e preservação ambiental, nasceu o Projeto Verde é Vida, em 8 de agosto de 1991.

O Projeto veio para dar continuidade a distribuição de mudas de árvores nativas e reforçar as palestras sobre aspectos ambientais para alunos e professores e comunidades em geral. No mesmo ano, o mascote Afubrinha chegou para auxiliar neste trabalho. O Verde é Vida está em constante transformação e inovação. Apesar de manter as bases de trabalho rotineiras – distribuição de mudas, palestras, Bolsa de Sementes e pesquisas cientificas – procura trazer assuntos e temas pertinentes às necessidades das comunidades rurais. Por isso, para o quadriênio 2021/2024, o tema central será o Desenvolvimento Sustentável.

As comemorações dos 30 anos do Verde é Vida iniciam no domingo, dia 1º  de agosto, com uma live, transmitida ao vivo pelo youtube da Afubra, a partir das 10h. Já na segunda-feira, dia 2, inicia a segunda edição da “Campanha MuDáAlimento – quem doa com amor, planta a esperança”, onde, a cada quilo de alimento não-perecível doado pode ser trocado por uma muda de árvore nativa. Segundo Marco Antonio Dornelles, vice-presidente da Afubra, “a Campanha se estenderá durante todo o mês, ou enquanto houver mudas para doação”. Ele adianta que “os alimentos arrecadados serão doados para entidades assistenciais dos municípios assistidos pela matriz e filiais da Afubra”.

A programação engloba, ainda, a realização da Gincana Cooperativa Sul-Brasileira Verde é Vida, que será realizada de maneira on-line. Segundo o professor José Leon Macedo Fernandes, coordenador-pedagógico do Verde é Vida, “serão cerca de 700 pessoas participando, entre alunos e professores, das escolas parceiras. Vai ser uma forma muito legal de integração, pois, por meio do whatsapp, os inscritos estão distribuídos em sete grupos/equipes diferentes”. Ele destaca que esses grupos já estão se movimentando com trocas de mensagens. As tarefas, segundo ele, iniciam na primeira semana de agosto e a Gincana tem previsão de término no dia 27.

Também está prevista a realização da etapa escolar da Mostra Científica. Para agosto, integrando as comemorações dos 30 anos, ainda está marcado, para o dia 18, o Encontro Sul-Brasileiro de Grupos Ambientais/On-line. Para finalizar, no dia 31 de agosto ocorre a webinar de encerramento, com o tema Educação Socioambiental Rural, ao vivo, pelo youtube da Afubra.