Projeto Verde é Vida da Afubra completa 30 anos

Para finalizar as comemorações de aniversário, no dia 31 de agosto ocorre a webinar de encerramento, com o tema Educação Socioambiental Rural, ao vivo, pelo youtube da Afubra

ago 18, 2021

O programa de educação socioambiental rural Verde é Vida completou 30 anos. Segundo o coordenador pedagógico do programa, professor José Leon Macedo Fernandes, o Verde é Vida foi criado a partir de trabalhos iniciados pela Afubra desde a fundação da entidade, em 1955, quando já se orientava aos fumicultores sobre a diversificação de culturas. Em 1981 este trabalho de incentivo à diversificação e à preservação ambiental teve um reforço, com a assinatura do primeiro convênio com o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal (IBDF) para o reflorestamento das propriedades rurais. Em 1986, a Afubra iniciou campanhas de educação ambiental com a distribuição de mudas nativas.

Com o incremento destas ações de conscientização e preservação ambiental, nasceu o Projeto Verde é Vida, em 8 de agosto de 1991. O Projeto veio para dar continuidade a distribuição de mudas de árvores nativas e reforçar as palestras sobre aspectos ambientais para alunos e professores e comunidades em geral. No mesmo ano, o mascote Afubrinha chegou para auxiliar neste trabalho.

Integrando as comemorações dos 30 anos do programa Verde é Vida, nesta quarta-feira (18), ocorre o Encontro Sul-Brasileiro de Grupos Ambientais/On-line. E, para finalizar as comemorações de aniversário, no dia 31 de agosto ocorre a webinar de encerramento, com o tema Educação Socioambiental Rural, ao vivo, pelo youtube da Afubra. José Leon destaca que “atualmente o Verde é Vida atua em 543 escolas de 102 municípios parceiros do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, envolvendo 42.500 pessoas, entre alunos e professores”.