Programa pretende pavimentar mais de 31 quilômetros de estradas em Agudo

“Pavimenta Agudo” foi apresentado na última quinta-feira, 4, pelo Prefeito Luís Henrique Kittel

nov 4, 2021

Foto: Divulgação

Na última quinta-feira, 4, aconteceu a apresentação do Plano Municipal de Pavimentação – “Pavimenta Agudo”. A solenidade contou com a presença de lideranças locais, secretários municipais, do Prefeito de Agudo, Luís Henrique Kittel, e do vice-prefeito, Pedrinho Müller.

O “Pavimenta Agudo” considera o início simultâneo de cinco frentes de trabalho no ano de 2022, além de planejar outras duas etapas posteriores a esta.

Conforme informações técnicas levantas pelo Secretário de Obras e Infraestrutura de Agudo, Maurício Ângelo, as obras indicadas incluem soluções de drenagem para a região central da cidade e propõe uma solução definitiva para o problema de escoamento das águas pluvias no centro da cidade.

Os eixos que definiram as localidades beneficiadas consideraram aspectos socioeconômicos, melhorias para o escoamento de produções agrícolas, turísticos e de acesso a bens e serviços públicos, como escolas e hospital.

Para o Prefeito Luís Henrique Kittel, trata-se de um projeto muito aguardado pela população, que agora, com coragem e responsabilidade, está sendo viabilizado. Kittel também destacou a importância do Pavimenta Agudo para o desenvolvimento do município na geração de emprego e de renda.

O projeto total, durante suas 3 etapas, prevê a pavimentação de 31,15 quilômetros de vias, distribuídas na cidade e em localidades do interior do município. Na primeira etapa são estimados R$ 14 milhões de investimento em 13 quilômetros de vias.

A Etapa 1 do plano de pavimentação contempla o asfaltamento de três quilômetros no Porto Agudo/Picada do Rio, com aporte de R$ 3 milhões; um quilômetro na Linha Teotônia estimado em R$ 1 milhão; no Rincão do Pinhal/Porto Alves uma extensão de 1,8 quilômetro com investimento de R$ 1,5 milhões e a extensão de 3,4 quilômetros no Rincão Despraiado, estimado em R$ 2,8 milhões. Ainda na primeira etapa, está incluída a pavimentação de toda a extensão da Avenida Concórdia, em 3,3 quilômetros, com custo de R$ 5 milhões e a Avenida Paraíso, em um trecho de meio quilômetro.

A primeira etapa do “Pavimenta Agudo” tem previsão de início na segunda metade de 2022. Para ser viabilizado, é necessária a aprovação pela Câmara de Vereadores, de projeto para financiamento junto a Caixa Econômica Federal, através do Finisa.

 

CONFIRA AQUI AS ETAPAS DO PLANO