Prefeito de Sobradinho, secretário e vereadores cumprem agenda em Porto Alegre

Estudo do DAER revelou que para a modificação do trevo da FEJÃO o custo seria de R$ 5 milhões

jul 1, 2021

O prefeito de Sobradinho Armando Mayerhofer, acompanhado do secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Adriano Dreher; presidente da Câmara,Valdecir Bilhan e do vereador Janderson Nunes, participou de reuniões em Porto Alegre. A comitiva esteve reunida com a Superintendente Federal da Agricultura Helena Rugeri, tratando da possibilidade de trocar a finalidade da Braspeixe, que hoje tem o fim especifico para a criação de peixes, salientando que seria importante mudar essa finalidade para que se possa realizar outras atividades, como por exemplo o abate de ovinos. A Superintendente afirmou que o pedido será analisado.

O grupo também esteve na Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios, onde se reuniu com o Diretor do Departamento Orvalino Kuhn, com o Coordenador da Secretaria Jadir Ravanelli e com o Assessor da Secretaria José Dourado, onde trataram sobre o programa Pavimenta RS, buscando informações de como é o funcionamento deste programa, onde o município que tem 15 mil habitantes tem a possibilidade de habilitar até R$1.000.000,00 para a pavimentação. A intenção do Executivo é usar este recurso para fazer a construção da terceira pista no acesso à cidade e o asfaltamento da Rua República, modernizando toda a entrada da cidade.

Também foi tratado sobre a possibilidade do município receber um bem do Estado em troca do débito que o Estado tem com o município na área da saúde que hoje é de R$739.000,00. O Prefeito ressalta que será feito um levantamento dos bens que o Estado tem no município, para assim verificar o que é de interesse do município para depois encaminhar a proposta.

Na ocasião também tiveram uma audiência com o Diretor Geral do DAER Luciano Faustino da Silva, que foi agendada pela Deputada Estadual Kelly Moraes (PTB), onde foi tratado sobre a situação do trevo na saída para o Passa Sete, trevo da FEJÃO e acesso para Linha Quinca, onde foi colocado a preocupação do município com os vários acidentes que já aconteceram. O Diretor Luciano, colocou sobre a inviabilidade de executar este estudo apresentado pelo DAER para a modificação do trevo que daria em torno de R$5.000.000,00, o Prefeito então solicitou a instalação de duas lombadas eletrônicas. Luciano se comprometeu em encaminhar um estudo para a instalação dessas lombadas.

Mayherfoer também aproveitou para deixar um pedido para recuperação da via em torno do trevo do Bairro Baixada.