Prefeito de Sobradinho afirma que prefere fechar a Avenida e não o comércio da cidade

O prefeito sugeriu durante uma reunião da AMCSERRA, que fossem retomadas as atividades de práticas físicas nas escolinhas e projetos sociais, sem jogos de futebol, no turno inverso à escola

jun 22, 2021

Prefeito Armando Mayerhofer – Foto: Arquivo

Os vereadores de Sobradinho estiveram reunidos no início da noite desta segunda-feira (21), na 23ª Sessão Ordinária de 2021. Foram apresentados pedidos de informações e indicações dos parlamentares. A sessão foi suspensa pelo presidente Valdecir Bilhan (PTB), momento em que representantes das áreas do esporte, eventos e comércio se manifestaram na tribuna sobre as medidas de restrição impostas, devido a pandemia do Coronavírus. O pedido dos representantes da área, foi pela volta das atividades esportivas, o retorno da música ao vivo nos bares e restaurantes e prolongamento de horário no comércio. Também foram feitas críticas às ruas que foram isoladas no último domingo (20), na Avenida João Antônio.

Os representantes apresentaram aos vereadores, um protocolo com a metodologia e o modo de operação para atividades esportivas, seguindo medidas de prevenção à Covid-19 durante as atividades. Lembraram que muitos financeiramente do uso de campos e quadras esportivas. Vários vereadores também se manifestaram defendendo a flexibilização das atividades esportivas e também houve críticas ao isolamento de parte da Avenida, que segundo eles, foi uma determinação do Prefeito. O líder do Governo na Câmara Gerson Schirmer (MDB), lembrou que as medidas da liberação das atividades são tomadas em conjunto pela Associação dos Municípios do Centro Serra, e disse que buscará tratar o assunto com o prefeito Armando Mayerhofer (MDB).

Durante o Programa Enfoque da Rádio Sobradinho AM, vários ouvintes se manifestaram contra e a favor das medidas. Um morador do Centro, disse que a baderna é insuportável nos finais de semana, lembrando que muitos não obedecem aos protocolos de prevenção ao Coronavírus, considerando isso uma irresponsabilidade e falta de educação.

Já o prefeito Armando Mayherhofer, que está em Brasília, foi procurado pela reportagem das Rádios Sobradinho AM e Jacuí FM. Ele disse que acompanhou a Sessão dos Vereadores nesta segunda-feira (21). Salientou que as ações de flexibilização da Região 27, dependem da decisão de 2/3 dos municípios, conforme determinação do Governo do Estado. O prefeito sugeriu durante uma reunião da AMCSERRA, que fossem retomadas as atividades de práticas físicas nas escolinhas e projetos sociais, sem jogos de futebol, no turno inverso à escola. Apesar disso, sugestão não foi aceita pelos demais prefeitos.

Mayerhofer disse que novamente quer levar o assunto para a pauta da próxima reunião. Ele revelou que esteve reunido recentemente com a Secretária Estadual da Saúde, Arita Bergmann e com representantes do Ministério Público, e na ocasião, o Gabinete de Crise sugeriu que as restrições fossem apertadas ainda mais.

Quanto ao isolamento de parte da Avenida João Antônio, o prefeito disse que foi a única forma encontrada para evitar as aglomerações que estavam ocorrendo no Centro, e lembrou que as pessoas não estão impedidas de irem a pé até os bares e restaurantes. Lembrou que a fiscalização municipal atuou várias vezes dispersando aglomerações na Avenida João Antônio, porém, muitas pessoas saíam de um ponto e se concentravam em outro. O prefeito diz que prefere fechar a Avenida, do que fechar todo o comércio da cidade. Armando Mayherhofer destaca que na próxima sexta-feira (25), vai avaliar a questão do isolamento do Centro de Sobradinho.