Polícia Civil de Sobradinho encerra inquérito de atentado contra família de agente penitenciário

O fato gerou as Operações Supremacia I e II nos meses de janeiro e maio de 2021

jun 25, 2021

Delegada Graciela Foresti Chagas – Foto: Fabricio Ceolin

Na manhã desta sexta-feira (25), a Polícia Civil prendeu preventivamente os últimos dois suspeitos de terem participado do atentado contra a família de um agente penitenciário em Sobradinho, no mês de janeiro de 2021. Criminosos dispararam diversos tiros contra a residência do agente. Segundo a delegada Graciela Foresti Chagas, que coordenou as investigações, a ordem do atentado partiu de presos e foi executada por outros três suspeitos.

O fato gerou as Operações Supremacia I e II nos meses de janeiro e maio de 2021, ocasiões em que foram cumpridos 42 mandados de busca e presos por tráfico de drogas e associação para o Tráfico, mais de 20 suspeitos. Após procedimentos legais, ambos foram recolhidos ao Presídio Estadual de Sobradinho.