Poderosa massa de ar polar atua no Estado e meteorologia prevê chances de neve

De acordo com a MetSul Meteorologia, o dia gélido deve ter sensação térmica negativa na maioria das cidades

jul 28, 2021

O dia está sendo congelante no Rio Grande do Sul nesta quarta-feira. Por conta da poderosa massa de ar polar que começa a atuar no Estado, este pode ser um dos dias mais frios recentes de inverno.

De acordo com a MetSul Meteorologia, o dia gélido deve ter sensação térmica negativa na maioria das cidades.  No Centro Serra houve registro de geada, e a temperatura mínima registrada pela estação meteorológica de Sobradinho instalada no clube de voo em Campo da Aviação, foi de -2,2 °C | 06:32. A incidência de neve também é muito provável, e deve ser a mais ampla no Estado desde 2013.

Na quinta, as chances de neve se ampliarão para toda a Serra e região de Passo Fundo. A possibilidade do fenômeno é maior durante a madrugada e início da manhã. A massa de ar polar, fria e seca, se espalha nas demais áreas gaúchas provocando geadas amplas – especialmente no Centro-Oeste.

Por sua vez, a neve poderá ser vista principalmente na Serra. Os prognósticos apontam ainda para temperaturas negativas e possíveis novos recordes de menor temperatura do ano. Os ventos seguirão fortes no Leste gaúcho. No Litoral, no Leste e no Sudeste do território gaúcho o tempo será nublado.

Na sexta-feira, o tempo se assemelhará bastante ao do dia anterior, mas ainda mais gelado no amanhecer. A expectativa é de muito frio e com chances de formação de geada em quase todo o Estado. Não há chance de chuva nem de neve.

As temperaturas máximas sobem um pouco, indicando o afastamento da massa de ar polar do Rio Grande do Sul em direção ao Sudeste do Brasil.

Fonte: MetSul meteorologia, GZH, Correio do Povo e Rádio Sobradinho

Confira a previsão do tempo para o Centro Serra com Luiz Fernando Nachtigall, da MetSul meteorologia: