Pichação anunciando massacre em Escola Estadual resulta em Operação Policial em Sobradinho

Foram apreendidos telefones celulares e simulacros de armas de fogo nas residências de adolescentes.

maio 27, 2022

Fotos: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (27), uma operação foi promovida pela Delegacia de Polícia de Sobradinho para cumprimento de mandados de busca e apreensão após supostas ameaças de um massacre na Escola Estadual Padre Benjamin Copetti de Sobradinho. Conforme a Delegada Graciela Foresti Chagas, a escola fez um registro de ocorrência, após identificar em um dos banheiros, uma pichação que informava que nesta sexta-feira, haveria um massacre no educandário. Durante a operação que reuniu policiais civis de Sobradinho, Arroio do Tigre, Candelária e Santa Cruz do Sul, foram apreendidos telefones celulares e simulacros de armas de fogo em residências de adolescentes. Já na escola, todos os alunos foram revistados.

A delegada ressaltou a agilidade da Vara da Infância e Juventude em expedir os mandados, e ressaltou que as investigações terão continuidade para responsabilizar os autores das ameaças e pichações. Já o diretor da Escola Copetti, Alécio Marion, lamentou que o educandário esteja envolvido nesse episódio, uma vez que tem sido feito um trabalho para evitar situações como essa. Ele lembrou que na última terça-feira, um seminário com o tema “A Responsabilidade nos Crimes Virtuais, e Prevenção a Violência Escolar” foi promovido. Conforme informações obtidas pela direção, após a palestra, um aluno o qual o diretor classificou com irresponsável e inconsequente, fez a escrita no banheiro com um canetão, anunciando o suposto massacre.

Imediatamente, a escola comunicou o Juizado da Infância e Juventude e a Polícia Civil, o que culminou na operação policial. Alécio revelou que poucos alunos vieram para a escola hoje, pois fotos da pichação foram postadas na internet, vinculadas a outras que mostram máscaras e armas, que supostamente não teriam relação com o caso, e isso gerou pânico na comunidade escolar. Ele afirmou que qualquer situação apurada pela escola que colocar a integridade dos alunos em risco, vai ser levada para o conhecimento das autoridades para adoção de medidas cabíveis.

Alécio ressalta que muitas pessoas colocam a responsabilidade sobre a escola e esquecem que os responsáveis pelos filhos são os pais, e que eles devem estar atentos às atitudes de seus filhos. As aulas na Escola Copetti seguem normais nesta sexta-feira, porém a Feira da Troca Solidária prevista para acontecer no dia de hoje foi cancelada.

Confira a entrevista concedida pelo diretor Alécio Marion ao programa Enfoque da Rádio Sobradinho: