Pavimentação do acesso a Lagoa Bonita deve ser concluída no primeiro semestre de 2022

O secretário Juvir Costella salienta que o Estado está investindo cerca de R$ 8 milhões para entregar mais esse acesso municipal, que contribuirá com o escoamento da produção agrícola, reduzirá o custo logístico e trará mais segurança à comunidade

jan 13, 2022

Foto: Divulgação/Daer

Em 2022, Lagoa Bonita do Sul deve sair da lista de municípios sem acesso asfáltico. As obras da rodovia que liga a área urbana do município à ERS-400 estão com a etapa de terraplenagem praticamente prontas. Executados pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) – vinculado à Secretaria de Logística e Transportes -, os trabalhos compreendem aproximadamente seis quilômetros de estrada.

O secretário Juvir Costella salienta que o Estado está investindo cerca de R$ 8 milhões para entregar mais esse acesso municipal, que contribuirá com o escoamento da produção agrícola, reduzirá o custo logístico e trará mais segurança à comunidade de Lagoa Bonita. Conforme ele, “trata-se de uma obra com a capacidade de impulsionar a economia e alavancar o desenvolvimento do município”. O diretor-geral do Daer, Luciano Faustino, afirma que o cronograma dos serviços segue em ritmo avançado. Segundo ele, “as equipes devem ingressar logo na fase de drenagem e, em seguida, avançar para a implantação do pavimento”.

Faustino ressalta que “a previsão é de que as atividades sejam concluídas ainda neste primeiro semestre”. A pavimentação do acesso a Lagoa Bonita do Sul integra o Plano de Obras 2021-2022 do programa Avançar. Até dezembro de 2022, serão destinados R$ 328 milhões do Tesouro do Estado para a pavimentação de 28 acessos municipais no Rio Grande do Sul.