Órgãos de Segurança divulgam indicadores de criminalidade

De acordo com o tenente-coronel Giovani Paim Moresco, comandante Regional, na comparação entre 2017 e 2021, os homicídios caíram 40% nos últimos cinco anos, enquanto a redução referente aos roubos a estabelecimentos comerciais chegou a 48%.

mar 17, 2022

Foto: Divulgação

Em coletiva de imprensa promovida nesta quarta-feira (16), órgãos de segurança como Polícia Civil, Brigada Militar, Corpo de Bombeiros, Susepe e Instituto Geral de Perícias apresentam indicadores de criminalidade, contemplando os municípios da região. A apresentação iniciou com a Brigada Militar. Segundo os dados apresentados, nos últimos cinco anos foram apreendidos nos 31 municípios que integram o Comando Regional, 345 kg de drogas, além de 767 armas e foram mais de R$ 3 milhões em dinheiro retirados do tráfico. Também foram feitas pela Brigada Militar, 20 mil 636 prisões.

De acordo com o tenente-coronel Giovani Paim Moresco, comandante Regional, na comparação entre 2017 e 2021, os homicídios caíram 40% nos últimos cinco anos, enquanto a redução referente aos roubos a estabelecimentos comerciais chegou a 48%. Ainda no comparativo, o roubo a pedestre caiu 55%. O roubo à residência teve queda de 40% e ainda houve uma redução de 63% em relação aos roubos de veículos e 70% de diminuição nos furtos de veículos. Roubo é quando o ladrão usa de violência contra a vítima para levar o bem.

No que se refere aos furtos e abigeatos, a redução desses crimes foi menor, de 10%. O titular da Delegacia Regional de Polícia Civil, Luciano Menezes, destacou a importância do trabalho do servidor público. Na área de abrangência da delegacia, que contempla 24 municípios, houve uma queda de aproximadamente 95% em relação aos crimes de latrocínios e roubos. Segundo ele, hoje 100% das representações por prisão são deferidas.

O delegado ainda destacou a importância da gestão de recursos humanos, salientando que a Polícia Civil tem  um efetivo muito pequeno, mas todas as delegacias têm metas a serem alcançadas todos os meses, onde são apresentados os indicadores. Ainda falam no evento os diretores regionais da Susepe, IGP e o comando regional do Corpo de Bombeiros.