ONGs fazem apelo para que a população não use fogos com estampidos nos festejos da virada de ano

Legislação estadual proíbe o uso de fogos com estampidos superiores a 100 decibéis

dez 30, 2021

As ONGs – que cuidam de animais abandonados em Sobradinho – estão fazendo um apelo para que a população não use fogos com estampidos durante os festejos da virada de ano. Elas lembram que o barulho causado pelos tradicionais foguetes causam sofrimento nos animais, bem como, para pessoas acamadas e crianças com autismo.

Falando ao programa da Rádio Sobradinho AM, uma das responsáveis pela ONG Anjos da Rua, observou que a legislação estadual, inclusive, proíbe o uso de fogos com estampidos superiores a 100 decibéis. Katieli Petzold esclareceu que os fogos de artifícios coloridos são permitidos, uma vez que possuem estampidos mais suaves. Ela reconheceu que o uso de fogos barulhentos faz parte do costume de muitas pessoas, por isso, sugeriu que seja feita a substituição deles pelos fogos de artifícios permitidos.

Já o vereador Gerson Schirmer (MDB) informou que protocolou na Câmara um projeto de lei proibindo a queima, a soltura e a comercialização de fogos que produzam estampidos no município de Sobradinho. O projeto ainda não foi debatido em plenário.