Novos cursos no Campus da Unisc Sobradinho foram tema de reunião na prefeitura

Vice-reitor disse que a Universidade tem a intenção de implantar novos cursos, mas antes pretende ouvir a comunidade para saber quais são as suas demandas

ago 19, 2021

A possibilidade de oferecer novos cursos no campus da Unisc Sobradinho foi pauta de reunião, nessa quarta-feira, 18, na prefeitura do município. O encontro contou com a presença do vice-reitor da Universidade de Santa Cruz, Rafael Henn; a coordenadora da Campus/Sobradinho, Jocelaine Maieron; o prefeito Armando Mayerhofer; secretários municipais e representantes da Caciss, Sindilojas e Sindicato Rural de Sobradinho. Na ocasião, a Unisc apresentou novamente seus planos para ocupação da área concedida pelo município para a Universidade, na entrada da cidade.

Em entrevista ao programa Enfoque da Rádio Sobradinho AM, o vice-reitor disse que a Unisc tem a intenção de implantar novos cursos, mas antes pretende ouvir a comunidade para saber quais são as suas demandas. Por isso, as entidades participantes irão fazer um levantamento e um novo encontro será promovido no dia 8 de setembro, quando todas as sugestões serão apresentadas para a Universidade. Rafael Henn citou como possibilidades os cursos técnicos de enfermagem e gastronomia, mas não descartou outras áreas. Disse também que os planos são ofertar ainda novos cursos de graduação e pós-graduação, uma vez que os cursos atualmente oferecidos: direito, administração e ciências contábeis, já supriram a demanda existente na região Centro Serra.

Quanto a construção de um novo Campus, em Sobradinho, segundo ele, isso vai depender da procura de alunos pelos novos cursos, uma vez que para os cursos já oferecidos, as instalações no Bairro Maieron são suficientes. Ele negou que a demora pelo início das obras no terreno localizado na entrada da cidade esteja relacionada a situação financeira da entidade, mas confirmou que o ingresso de alunos da Unisc, como nas demais universidades privadas ou comunitária, diminuiu significativamente após a redução de valores destinados ao FIES – o financiamento estudantil do governo Federal.

Rafael Henn também respondeu a cobrança feita na Câmara, pelo presidente do Legislativo, Vereador Valdecir Bilhan. O parlamentar defendeu a redução do valor das mensalidades durante a pandemia, uma vez as aulas não estão sendo presenciais. O vice-reitor da Unisc, explicou que embora os professores não estejam se deslocando para Sobradinho, essa economia é insignificante nas despesas gerais da Universidade. Rafael Henn, lembrou que mesmo durante a pandemia, os professores tiveram reajuste salarial com base na inflação, e que mesmo assim, não houve aumento nas mensalidades.