Morre Dom Sinésio, bispo emérito de Santa Cruz do Sul

Nascido em Montenegro, em 1934, Dom Sinésio foi Bispo de Santa Cruz do Sul de 1986 até 2010 e atualmente residia na Casa de Amparo Fraterno, junto com um grupo de padres idosos da Diocese.

jun 10, 2022

Foto: Divulgação

O Bispo Emérito da Diocese de Santa Cruz do Sul, Dom Aloísio Sinésio Bohn, de 87 anos, morreu na noite desta quinta-feira (9). Nascido em Montenegro, em 1934, Dom Sinésio foi Bispo de Santa Cruz do Sul de 1986 até 2010 e atualmente residia na Casa de Amparo Fraterno, junto com um grupo de padres idosos da Diocese. Bohn estudou no Seminário Menor São José de Gravataí de 1952 a 1954. Posteriormente, cursou as faculdades de Filosofia, Teologia e Direito Canônico na Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma entre 1955 a 1964. Foi ordenado padre em Roma, no ano de 1962.

Em Porto Alegre, na paróquia São Jorge, exerceu o cargo de vigário entre 1964 a 1965. Trabalhou como professor de Teologia e assistente dos estudantes de Filosofia e Teologia da Arquidiocese de Porto Alegre. Dom Sinésio Bohn atuou na Arquidiocese de Brasília e nas Dioceses de Novo Hamburgo e Santa Cruz do Sul. Este é o segundo bispo a falecer na Diocese de Santa Cruz do Sul. O primeiro havia sido Dom Alberto Frederico Etges, 8 de janeiro de 1996. O velório ocorre na Catedral São João Batista.