Morre Dom Angelo Salvador, primeiro Bispo da Diocese de Cachoeira

O religioso deixa uma incrível biblioteca com centenas de exemplares em diversos idioma, escritos próprios, entre livros e textos, muitos deles voltados à história de Frei Salvador, do qual era fervoroso devoto

ago 13, 2022

Foto: Reprodução

Faleceu neste sábado, 13, aos 90 anos, Dom Ângelo Domingos Salvador. Bispo emérito de Uruguaiana desde 2007. No dia 17 de julho de 1991, Dom Ângelo foi nomeado primeiro bispo da Diocese de Cachoeira do Sul, cargo que ocupou até o dia 26 de maio de 1999, quando foi designado para ser bispo da Diocese de Uruguaiana. Teve a sua renúncia aceita ao governo diocesano de Uruguaiana no dia 27 de junho de 2007, por limite de idade. O religioso sofria há alguns anos do mal de Alzheimer, mas a causa da morte não foi divulgada.

As cerimônias de despedida acontecem neste sábado, no Convento da Imaculada dos Freis Capuchinhos, em Caxias do Sul. A missa de corpo presente será às 16h, seguida de sepultamento, no Memorial dos Capuchinhos. Filho de Augusto Salvador e Vergínia Vazzata, Dom Ângelo nasceu em 17 de julho de 1932, na comunidade de Segredo, no município de Ipê. Ingressou ainda aos 12 anos na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos. Foi nomeado bispo pelo papa João Paulo II, em 1981, quando ainda tinha 49 anos. Foi bispo auxiliar na arquidiocese de Salvador, na Bahia. Cinco anos depois, foi transferido para Coxim, no Mato Grosso do Sul. Além disso, foi o primeiro bispo da diocese de Cachoeira do Sul e, por fim, exerceu o cargo em Uruguaiana.

O religioso deixa uma incrível biblioteca com centenas de exemplares em diversos idioma, escritos próprios, entre livros e textos, muitos deles voltados à história de Frei Salvador, do qual era fervoroso devoto. A Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes de Sobradinho lamentou o falecimento de Dom Frei Ângelo Domingos Salvador, e na manhã de hoje, os sinos da matriz tocaram em sinal de luto pela morte do bispo.