Morre cantor Edivan, da dupla Edivan & Gisele

Em 2014, estiveram no 6º aniversário do Programa Menino da Porteira da Rádio Jacuí, onde fizeram um show na Praça 3 de dezembro.

jan 10, 2024

Foto: Arquivo/Rádio Sobradinho

O cantor sertanejo Aparecido Antonio dos Santos, conhecido como Edivan, da dupla Edivan e Gisele, morreu nesta terça-feira (9), em São José do Rio Preto, no Interior de São Paulo. Na cidade, era conhecido como Edivan Gaúcho. O corpo dele foi encontrado na própria residência com suspeita de infarto. Edivan era um dos melhores segundeiros da música sertaneja.

Iniciou sua carreira cantando ao lado de “Brasileiro”, formando a dupla Edivan & Brasileiro. Depois, com o falecimento do cantor Belmonte, Edivan formou dupla com Amaraí, formando a dupla Edivan & Amaraí. Anos mais tarde, como jurado de um festival, conheceu a cantora Gisele, com quem se casou, e por três décadas, formou a dupla Edivan & Gisele. Os dois lançaram dois discos, um em 2014 e outro em 2015. Com Gisele, Edivan ficou conhecido por vídeos publicados nas redes sociais, nos quais eles interpretam clássicos da música sertaneja.

Em 2014, estiveram no 6º aniversário do Programa Menino da Porteira da Rádio Jacuí, onde fizeram um show na Praça 3 de dezembro. Na oportunidade, também foram homenageados pelo programa como Duo Revelação daquele ano. No dia posterior, estiveram no município de Herveiras. De acordo com o comunicador Fabricio Ceolin, Edivan e Gisele foram grandes incentivadores da dupla Natan e Naiane de Ibarama. Edivan intermediou a primeira apresentação dos irmãos na TV Aparecida, no programa do Padre Alessandro Campos no final de 2014, fazendo com que eles ficassem muito conhecidos.

Edivan e Gisele foram grandes incentivadores da dupla Natan e Naiane de Ibarama. Foto: Arquivo Pessoal

Posteriormente durante uma semana, Natan, Naiane, seus pais e Fabricio Ceolin, ficaram hospedados na casa da dupla, e com eles participaram de uma sequência de shows em São Paulo e Matogrosso do Sul. Edivan também oportunizou as primeiras gravações de Natan e Naiane em um estúdio de São José do Rio Preto. Os irmãos lamentaram a morte de Edivan nas redes sociais, salientando todo apoio recebido, destacando que consideram eles como padrinhos de música.