Ministério Público investiga denúncia sobre falhas na segurança viária no Trevo da Fejão em Sobradinho

O Município de Sobradinho relatou que tem verificado os acidentes no Trevo da Fejão há anos, inclusive com ocorrências fatais, e que tem buscado providências junto ao DAER, sem sucesso

dez 14, 2023

Foto: Divulgação

O Ministério Público está investigando uma denúncia feita pela internet que relata falhas na prestação de serviços pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER) no Trevo da Fejão, em Sobradinho. A denúncia aponta que as falhas têm gerado situações de risco e acidentes no local, e destaca o alto número de ocorrências sem que medidas concretas tenham sido tomadas para resolver o problema.

Os pontos levantados na denúncia incluem a solicitação de retirada de tachões na pista, que estariam dificultando a travessia dos veículos no trevo, além da instalação de lombadas eletrônicas, semáforos, sinalização, roçada do entorno do trevo e verificação do posicionamento de placas nos canteiros, que estariam obstruindo a visão dos motoristas, especialmente de ônibus e caminhões. A promotora Débora Becker iniciou o processo em agosto e determinou que o DAER, o Município de Sobradinho e o Comando Rodoviário da Brigada Militar prestassem esclarecimentos sobre a situação.

Em resposta, a 10ª Superintendência Regional do DAER, de Cachoeira do Sul, responsável pelo trecho, afirmou que vem adotando medidas para diminuir os índices de acidentes no trevo da Fejão, onde se encontram as rodovias ERS-400, ERS-347 e RSC 481. A superintendência informou que aguarda estudos de projetos por meio de uma empresa contratada e que já foram adotadas diversas medidas a curto e longo prazo.

O Município de Sobradinho relatou que tem verificado os acidentes no Trevo da Fejão há anos, inclusive com ocorrências fatais, e que tem buscado providências junto ao DAER, sem sucesso. O prefeito Armando Mayerhofer informou que o Executivo Municipal decidiu municipalizar o trecho devido à inércia do DAER, com o objetivo de melhorar o fluxo de veículos e evitar novos acidentes. A municipalização, encontra-se em análise no DAER.

A Polícia Rodoviária informou que, de 1° de janeiro a 16 de outubro, foram registrados 5 acidentes no trevo, sendo um com danos materiais e outros 4 com vítimas com lesões corporais. A análise dos boletins de ocorrência indica que a maioria dos acidentes ocorreu devido a falhas dos condutores ao ingressarem ou saírem do trevo. O Ministério Público de Sobradinho continua com o processo de investigação em andamento para apurar as denúncias de falhas na segurança viária no Trevo da Fejão.