Mais de três mil veículos estão com o IPVA atrasado no Centro Serra

O contribuinte que não paga o tributo em dia leva multa de 0,33% ao dia sobre o valor do imposto não pago, até o limite de 20%.

maio 16, 2022

Foto: Divulgação

Após o encerramento do prazo para pagamento do IPVA, no Centro Serra há um total de 3.480 inadimplentes, atingindo pouco mais de R$ 2,4 milhões. Entre 9 municípios da região, Lagoão, Sobradinho, Lagoa Bonita e Arroio do Tigre estão na lista das cidades com o maior percentual de inadimplência. Conforme dados da Receita Estadual, o percentual de inadimplência em Lagoão chega a 27,30%, o que corresponde a 327 veículos.

O valor de dívidas chega a R$ 237.407,00. Em Sobradinho, há um percentual de 25,55% de inadimplência, chegando a 1.140 veículos com IPVA não pago. O percentual corresponde a R$ 845.611,00 dos cerca de R$ 4 milhões 560 mil de valor tributado. No caso de Lagoa Bonita, são 134 inadimplentes, chegando a 21,27%, e a R$ 110.945,00 em dívidas. Em Arroio do Tigre, a inadimplência do IPVA, chega a 20,63%. Os 765 inadimplentes representam um valor devido de R$ 536.355,00. No caso de Segredo, existem 351 inadimplentes, o que corresponde a 19,66% e um total de R$ 197.842,00. Passa Sete aparece com 213 veículos em dívida com o IPVA, representando 18,27%, sendo R$ 113.277,00 do saldo devedor.

Em Tunas, 181 estão com o IPVA atrasado, tendo uma dívida de R$ 112.841,00 representando 18,31% da frota. Em Ibarama, 18,23% dos proprietários estão com o IPVA atrasado, representando um valor de R$ 137.269,00 dos 196 veículos devedores. Estrela Velha é o município da região com o menor percentual de inadimplência, sendo que 17% da frota registrada no município não pagou IPVA. Isso representa 173 veículos que estão devendo aos cofres públicos R$ 139 mil 643 reais. Da região Centro Serra, Sobradinho recebe o maior valor de IPVA e tem a maior frota. Com 4.461 veículos registrados, o município tem valor de veículos tributados em R$ 4 milhões 560 mil reais.

O contribuinte que não paga o tributo em dia leva multa de 0,33% ao dia sobre o valor do imposto não pago, até o limite de 20%. Após a inscrição em dívida ativa, que ocorre após 60 dias em atraso, o débito sofrerá acréscimo de mais 5%. O IPVA é um tributo cuja arrecadação é dividida em 50% com o município no qual o veículo é emplacado. Portanto, além de ser uma receita importante para o Estado, é também para as prefeituras.