Levantamento revela que o gaúcho é o “cidadão” mais armado do país

O Rio Grande do Sul não é o Estado com maior número de novas licenças, mas lidera o ranking de registros ativos de armas de fogo no país na categoria "cidadão", conforme os dados do Sistema Nacional de Armas da Polícia Federal.

jun 30, 2022

Foto: Agência Brasil

O gaúcho é o “cidadão” mais armado do país. O Fórum Brasileiro da Segurança Pública (FBSP) divulgou nesta quarta-feira (29) a 16ª edição de seu anuário. É um vasto e detalhado levantamento de dados sobre criminalidade, violência e temas ligados à área de segurança no país.  As informações, relativas ao ano passado, também são divididas por unidades da federação. O Rio Grande do Sul não é o Estado com maior número de novas licenças, mas lidera o ranking de registros ativos de armas de fogo no país na categoria “cidadão”, conforme os dados do Sistema Nacional de Armas da Polícia Federal.

No total, os gaúchos aparecem em terceiro, quando são incluídas as estatísticas de empresas de segurança privada, servidores públicos (porte por prerrogativa de função), empresas e companhias com segurança própria, entre outras grupos. Na categoria “cidadão”, o Estado, aparece bem à frente. São 109,3 mil registros ativos, um crescimento 27% sobre 2020. Em seguida aparecem Minas Gerais (84,5 mil) e Santa Catarina (75,2 mil). Além da Polícia Federal, o Exército também tem a contabilidade de armas, mas das forças de segurança pública, de militares e de caçadores, atiradores e colecionadores (CACs). Entre os integrantes deste grupo, o Rio Grande do Sul tem 144 mil registro ativos, superado apenas por São Paulo (267,5 mil).