INMET emite alerta sobre risco de forte temporal para a região

A MetSul Meteorologia também divulgou alerta e avalia que o Rio Grande do Sul poderá ser atingido por tempo severo.

jan 16, 2024

Chuvas do último domingo causaram transtornos em Passa Sete.

Foto: Divulgação/Defesa Civil

O Instituto Nacional de Meteorologia emitiu alerta sobre o risco de forte temporal para as próximas horas. De acordo com o Inmet, entre esta terça-feira, 16, e a quarta-feira, 17, áreas de instabilidade irão se deslocar sobre todo o Rio Grande do Sul e parte de Santa Catarina podendo ocasionar episódios de chuva intensa, temporais com raios, queda de granizo e rajadas de vento acima de 90 km/h. A MetSul Meteorologia também divulgou alerta e avalia que o Rio Grande do Sul poderá ser atingido por tempo severo.

De acordo com o meteorologista Luiz Fernando Nachtigal, trata-se de um complexo cenário meteorológico com duas baixas pressões, um possível ciclone no Atlântico, e ainda o ingresso de ar muito quente de Norte que agirá como combustível para a formação de poderosas áreas de tempestades entre a Argentina, o Uruguai e o Rio Grande do Sul. Segundo a MetSul, grande número de cidades deve ter entre 100 mm e 200 mm de chuva até quinta-feira, mas podem ocorrer marcas isoladas de 200 mm a 300 mm. Ainda de acordo com Nachtigal, em certa medida, o cenário é semelhante ao de janeiro de 2010, também época de El Niño, com chuva extrema no Centro gaúcho e o desastre da queda da ponte do Rio Jacuí em Agudo.

O governador do Estado, Eduardo Leite, igualmente divulgou alerta. Acompanhado do chefe da Casa Militar e Defesa Civil, coronel Luciano Boeira, ele publicou um vídeo alertando a população e garantindo que o governo está atento ao cenário. As chuvas previstas para as próximas horas, deverão se somar ao alto volume já registrado no último domingo em lagumas localidades da região, especialmente no interior de Lagoa Bonita e Passa Sete.