Guardiões Mirins de Ibarama participam da 27ª Feicoop

Com o tema “Construindo a sociedade do bem viver: por uma ética planetária”, a edição deste ano ocorreu no formato híbrido e com ações on-line

out 14, 2021

Foto: Divulgação

Os Guardiões Mirins de Sementes Crioulas de Ibarama participaram da 27ª Feira Internacional do Cooperativismo (Feicoop), promovida pelo Projeto Esperança/Cooesperança. Com o tema “Construindo a sociedade do bem viver: por uma ética planetária”, a edição deste ano ocorreu no formato híbrido e com ações on-line. A Universidade Federal de Santa Maria foi uma das instituições promotoras da Feicoop. A iniciativa dos Guardiões Mirins de Sementes Crioulas de Ibarama foi apresentada na Feira como um dos mais importantes projetos do Rio Grande do Sul relacionados à educação ambiental e Educação no Campo, com uma importância imensurável para o futuro e para a sustentabilidade.

A Coordenadora do Projeto, Sirlei Lenice Rodrigues destacou a história dos Guardiões Mirins em Ibarama, relatando que a iniciativa iniciou em 2007 e envolve alunos das Escolas Municipais. Conforme ela, o principal objetivo do projeto é, além de despertar a consciência, resgatar as sementes, multiplicar e distribuir, mantendo essa genética crioula, distribuindo essa biodiversidade: “Além da diversificação da propriedade temos esse grande objetivo de espalhar o conhecimento dos nossos antepassados a todas as pessoas”. A professora Martina Bolfe, que trabalha com 25 guardiões na Escola Edwaldo Henrique Drews, explicou como é feita a seleção de sementes e o trabalho na horta escolar, iniciativas que, segundo ela, enriquecem o conhecimento. Ela reforçou a importância do projeto diante da diversidade na propriedade e da soberania alimentar.

O guardião mirim Miguel Bolfe dos Santos falou sobre sua experiência dentro do projeto, ressaltando o trabalho de preservação e multiplicação das sementes, bem como sobre o cultivo da horta escolar. Ele destacou o envolvimento da família na iniciativa, gerando uma cooperação familiar em busca da preservação das variedades. Já guardiã mirim Carol Wanzinck explanou sobre o trabalho de artesanato, a horta escolar, salientando também sobre as várias experiências que são realizadas. Carol ressaltou que seus avós também são guardiões de sementes e são grandes incentivadores para sua participação no projeto. A Coordenadora Sirlei Rodrigues ressaltou que desde que começou a participar da Feira, sentiu a necessidade de aprofundar mais o trabalho com os Guardiões Mirins, colocando novos conhecimentos em prática. Ela compartilhou no evento o sonho de construir um moinho portátil e organizar uma agroindústria para os Guardiões Mirins, como uma forma de incentivar os participantes do projeto em busca da manutenção da preservação das sementes e como alternativa à produção de tabaco.

Além disso, o Município de Ibarama esteve participando da Amostra Cultural “Música é Cultura”, na qual os alunos da Rede Municipal de Ensino realizaram atividades de canto e dança, tendo a participação especial do professor e músico do Município, Ediberto da Silva. A produção foi apresentada através de um vídeo que também pode ser conferido no YouTube na página da Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Turismo e Desporto através do link: https://youtu.be/2St_h015vEo.