Governo reabre operações de custeio do Pronaf

Após mobilização de agricultores em Ijuí e intensas agendas em Brasília, o Governo Federal atendeu uma das pautas da Fetag-RS em relação à estiagem

fev 24, 2022

O governo federal abriu orçamento destinado à equalização de encargos financeiros para operações de custeio do Pronaf (agricultura familiar), de modo a possibilitar a retomada de financiamentos num total de cerca de R$ 2,8 bilhões referente ao Plano Safra 2021/2022, ou a serem contratadas até o dia 31 de junho deste ano. Falando ao programa Quadro Geral da Rádio Sobradeinho AM, presidente da FETAG, Carlos Joel da Silva disse que medida foi viabilizada por meio da Portaria nº 1.666, de 2022 da Secretaria Especial do Tesouro e Orçamento Secretaria de Tesouro (SETO) publicada no Diário Oficial da União de terça-feira (22), e pelo ofício circular 788/2022/ME, expedido nesta quarta-feira (23), às instituições financeiras.

Por esse mesmo ofício as demais linhas permanecem fechadas até 31 de março de 2022. Já o diretor de Política de Financiamento ao Setor Agropecuário, Wilson Vaz de Araújo, destaca que “as negociações seguem para viabilizar recursos para a reabertura de todas as linhas de custeio e de investimento”. Os recursos estão suspensos desde o dia 7 deste mês. Do total de R$ 90,8 bilhões de recursos equalizáveis para a Safra 2021/2022, o saldo disponível, a contratar, no final de janeiro de 2022 era de R$ 27,5 bilhões (30%) para todas as finalidades. Entretanto, à exceção do Custeio Pronaf, a contratação no âmbito das demais linhas permanece suspensa até 31 de março de 2022.