Gabinete de Crise emite Aviso para a região de Cachoeira do Sul

O presidente da AMCSERRA, Valdir Rodrigues – prefeito de Segredo, destaca que irá solicitar aos municípios o cumprimento dos protocolos, e acompanhará os boletins até a próxima quarta-feira (10), quando haverá nova reunião do Gabinete de Crise

nov 4, 2021

Em reunião na tarde desta quarta-feira (3), o Gabinete de Crise divulgou um Aviso para a região Covid de Cachoeira do Sul. As outras 20 regiões não receberam Avisos ou Alertas. O Aviso é o primeiro passo do Sistema 3 A’s de Monitoramento, com o qual o governo do Estado gerencia a pandemia no Rio Grande do Sul. Conforme os técnicos do GT Saúde, a região Covid-19 de Cachoeira do Sul (R27), localizada na Macrorregião Vales, apresentou crescimento no número de internados com coronavírus em UTI, passando de dois pacientes em 20 de outubro para oito nesta quarta-feira (03), levando a região a atingir 100% de taxa de ocupação. Além disso, a incidência de novos casos confirmados na semana para cada 100 mil habitantes atingiu o patamar de 97,5 – aumento de 78,4% frente à semana anterior.

Essa incidência representa a nona maior do Estado entre as 21 regiões Covid-19, sendo 8,3% superior à média estadual. Por fim, através de contato com o comitê técnico regional, se confirmou a elevação da média de positivos na última semana, bem como da incidência de novos casos e dos atendimentos em triagem em unidades de pronto atendimento (UPA) na região. Apesar do Aviso, emitido nesta quarta-feira pelo Gabinete de Crise, os protocolos de segurança e as flexibilizações estão mantidas na Região 27, cuja sede fica em Cachoeira do Sul. A Região 27 abrange também os municípios de Sobradinho, Arroio do Tigre, Estrela Velha, Ibarama, Segredo, Lagoa Bonita do Sul, Passa Sete, Caçapava, Cerro Branco, Encruzilhada e Novo Cabrais.

O presidente da AMCSERRA, Valdir Rodrigues – prefeito de Segredo, destaca que irá solicitar aos municípios o cumprimento dos protocolos, e acompanhará os boletins até a próxima quarta-feira (10), quando haverá nova reunião do Gabinete de Crise. Se for necessário, segundo ele, os prefeitos dos municípios da Região 27 serão convidados para debater ações a serem tomadas no futuro. O Grupo de Trabalho Saúde também deliberou nesta quarta-feira pelo aumento para até 50% do limite de ocupação de público em estádios no Rio Grande do Sul. A flexibilização atende demanda da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) e dos clubes, e é mais uma mudança de protocolos possibilitada pelo avanço da vacinação no Estado e pela estabilização do quadro da pandemia.