Fetag-RS defende prorrogação imediata dos pagamentos de financiamentos de custeio e investimento

Entidades entregaram lista de reivindicações à Ministra Tereza Cristina

jan 13, 2022

Foto: Assessoria de Imprensa da Fetag-RS

O presidente da Fetag-RS disse que é normal a Ministra da Agricultura não ter feito nenhum anúncio de medidas de socorro aos agricultores durante a visita feita ao Estado nesta quarta-feira (12). Tereza Cristina veio ao Rio Grande do Sul a fim de vistorias a real situação dos prejuízos causados pela seca na agropecuária.

Falando nesta quinta-feira (13) ao programa Enfoque da Rádio Sobradinho AM, Carlos Joel da Silva, lembrou que qualquer ajuda passa pela análise do Banco Central e do Ministério da Economia, que vão tomar uma decisão nos próximos dias com base no que for relatado pela ministra após a visita ao Estado.

Ele adianta que a medida mais importante esperada pela Fetag é a prorrogação automática dos financiamentos de custeio e investimento que vencem até 30 de junho, para depois negociar, com calma, políticas que possibilitem um parcelamento de longo prazo dos débitos. Carlos Joel da Silva esclareceu ainda que, embora muitos agricultores possam acionar o Proagro, o seguro não cobre toda a despesa do financiamento. Por isso, o objetivo é fazer com que a parte restante seja prorrogada.