Coronel Reis apresenta projeto de Vigilância Colaborativa em Tunas, Lagoão e Segredo

Durante os encontros, foram apresentados os indicadores de criminalidade da região do Vale do Rio Pardo e dos respectivos municípios

set 15, 2021

Foto: Fabricio Ceolin

O Comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva do Vale do Rio Pardo, coronel Valmir José dos Reis, acompanhado do Comandante do 23°BPM, major Fábio Azevedo, Oficiais e Praças, promoveram nesta terça-feira (14), visitas técnicas nos municípios de Tunas, Lagoão e Segredo. Dentre os assuntos abordados, esteve o projeto de Vigilância Colaborativa, uma ferramenta que permite a disponibilização de imagens em tempo real para os órgãos policiais, ampliando o espectro de abrangência frente ao combate da criminalidade e violência.

Questionado sobre a implantação do sistema de vigilância colaborativa, o coronel informou que o comandante da Brigada Militar de cada município, ficará responsável em organizar a instalação do sistema e conversar com as entidades representativas para encontrar as formas de colocar em prática o projeto, que utilizará câmeras de vigilância de residências e do comércio, que estejam voltadas para a rua.

Foto: Fabricio Ceolin

Durante os encontros, foram apresentados os indicadores de criminalidade da região do Vale do Rio Pardo e, também, dos respectivos municípios.  Conforme o Coronel Valmir José dos Reis, o crime que está mais presente no município de Lagoão e Segredo é o abigeato. Ele determinou que o serviço de inteligência da Brigada Militar atue, para que sejam identificados os criminosos.

Dentre as autoridades presentes em Tunas, Lagoão e Segredo, estiveram Prefeitos, Vice-Prefeitos, vereadores, secretários municipais, entidades representativas e imprensa.

Confira a entrevista do Coronel Valmir José dos Reis concedida ao repórter Fabricio Ceolin, no município de Segredo: