Comissão de Agricultura pede audiência com coordenador da defesa civil para tratar sobre estiagem

Na pauta, pedido de apoio emergencial aos municípios gaúchos afetados pela estiagem

jan 18, 2022

Foto: Divulgação

O presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária, Pesca e Cooperativismo da Assembleia Legislativa, deputado Adolfo Brito, solicitou nesta segunda-feira (17), audiência com o Coordenador da Defesa Civil Estadual, Coronel Júlio César Rocha Lopes. Na pauta, pedido de apoio emergencial aos municípios gaúchos afetados pela estiagem. Entre as situações que o parlamentar vai apresentar, estão os pedidos feitos pelo prefeito Cirano Camargo, o vice-prefeito Nélio Fornari, vereadores, Sindicato dos Trabalhadores Rurais e vários representantes das comunidades do interior do município, durante reunião na Câmara Municipal de Vereadores de Lagoão na última quinta-feira (13), quando foram relatados incêndios que vêm ocorrendo no interior do município e muitas comunidades sem água para abastecer a família e o gado, em razão da forte seca.

Conforme Brito, com a presença do Poder Executivo, ficou definido naquele encontro, que as comunidades de Alto Socorro e Campestre terão um atendimento emergencial por parte da prefeitura, que necessita de um carro-pipa para distribuição de água no meio rural e também liberação de recursos para que a prefeitura possa atender as comunidades mais prejudicadas. Além disso, Lagoão possui cerca de 5 poços artesianos que foram abertos e precisam ser concluídos com instalação de bombas de água e a extensão de rede.

Outra preocupação que foi apresentada, na ocasião, pelo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, é relacionada às dívidas do PRONAF e outros empréstimos aos agricultores, que praticamente estão perdendo grande parte da produção. Além disso foram solicitados também recursos do programa AVANÇAR AGRICULTURA, direto ao município, para atender as necessidades mais urgentes dos agricultores. Adolfo Brito destaca que “Assim como a situação de Lagoão, está recebendo, junto com os demais colegas da Comissão de Agricultura, os relatos e as solicitações de municípios de todo o Rio Grande do Sul, que estão sofrendo com os efeitos da estiagem e, por isso, está sendo buscado apoio dos setores competentes dos Governos Federal e Estadual, para o enfrentamento e atendimento de todas as reivindicações, no menor prazo possível”.