Com recursos federais ponte da Integração será reconstruída entre Lagoão e Gramado Xavier

A Administração de Lagoão já iniciou os processos administrativos, para que quando os recursos forem liberados, a obra seja iniciada o quanto antes.

fev 9, 2024

Foto: Divulgação

Em coletiva de imprensa na tarde dessa quinta-feira (08), no gabinete do prefeito, foi anunciado que a Ponte sobre o Rio Pardo, na divisa entre Lagoão e Gramado Xavier, será reconstruída com recursos federais. O anúncio foi feito pelo prefeito de Lagoão Cirano de Camargo, com a presença do vice Nélio Fornari, juntamente com o prefeito de Gramado Xavier, Marcelo Laufer e seu vice Airton Berté, e do prefeito de Barros Cassal, Adão Reginei – o Neizinho.

Diante de autoridades, representantes políticos, imprensa e comunidade em geral, foi anunciado que a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC), aprovou o Plano de Trabalho da solicitação de reconstrução da ponte sobre o Rio Pardo que liga as localidades de Arroio do Sapo e Costa do Rio Pardo. A ponte que havia no local, inaugurada no final de julho de 2023 foi levada pela força da enchente que atingiu o município e região em novembro do mesmo ano, ou seja, quatro meses depois da inauguração.

Segundo a coordenadora da Defesa Civil Municipal, Daiani de Camargo e o chefe de gabinete Dilamar Garcia, a nova ponte será reconstruída no mesmo local da anterior. Porém, a nova estrutura será toda em concreto, medindo 5 metros de largura por 70 metros de comprimento e 12 metros de altura com capacidade de 36 toneladas, e passagem de um veículo por vez. O Plano de Trabalho encaminhado pelo município de Lagoão e aprovado pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, tem o valor orçado em R$ 2.170.000,00. O processo aguarda a liberação dos recursos, o que deve ocorrer nas próximas semanas.

A Administração de Lagoão já iniciou os processos administrativos, para que quando os recursos forem liberados, a obra seja iniciada o quanto antes. Cirano de Camargo destacou as parcerias e a boa relação institucional entre os municípios, com a Defesa Civil regional, estadual e federal, agradecendo os que acompanharam de perto a tramitação do processo e destacando que a conquista é de todos. “Obra pública não tem dono, é da comunidade e das pessoas que irão se beneficiar”.. concluiu o prefeito Cirano de Camargo.