Clima seco dos últimos dias favorece o plantio da soja na região Centro Serra

Segundo o técnico em agrícola da Cotriel, Tiago Eichelberger, com o esforço deste fim de semana a estimativa é de que 75% das lavouras já estejam plantadas

nov 27, 2023

Foto: Tiago Eichelberger/ Cotriel

O fim de semana foi de muito trabalho na região Centro Serra para os produtores de soja. Com o tempo seco dos últimos dias, eles aproveitaram para fazer o plantio que está atrasado devido ao excesso de chuva ao longo do mês de novembro. Segundo o técnico em agrícola da Cotriel, Tiago Eichelberger, com o esforço deste fim de semana a estimativa é de que 75% das lavouras já estejam plantadas.

A previsão é de que até o dia 10 de dezembro o plantio esteja encerrado. Após isso, restarão apenas as áreas da chamada safrinha, aquelas que vão ser cultivas no lugar do fumo, feijão e milho plantados no cedo. Neste mesmo período do ano passado, o plantio estava muito mais atrasado devido à seca. O excesso de chuva nesta safra, além de atrasar o preparo da lavoura, também tem ocasionado problemas pontuais de apodrecimento da semente, principalmente nas áreas mais baixas e umidas. Até o momento, entretanto, são poucos os casos em que houve a necessidade de replante.

De forma geral, na avaliação do técnico da Cotriel, o clima não trouxe prejuízo considerável à lavoura da soja no Centro Serra, até o momento. Diferente do trigo, que este ano registrou perdas elevadas por conta do excesso de umidade. Em relação ao milho, as lavouras estão com bom desenvolvimento já que a cultura aceita bem elevados níveis de precipitação pluviométrica. A chuva volta para a região na noite desta segunda-feira e se estende pela terça.

Na quarta-feira, o sol volta em meio a nuvens e na quinta vai fazer calor. Já a previsão para o mês de dezembro é boa para as lavouras gaúchas. Segundo o Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia –, as chuvas deverão ficar próximas ou ligeiramente abaixo da média, especialmente no Centro e no sul do Estado.