Classificação do tabaco na propriedade: deputado responde críticas de vereadores de Arroio do Tigre

Em entrevista à Rádio Sobradinho, ele disse que respeita a preocupação dos vereadores de Arroio do Tigre que levantaram a discussão, mas afirmou que ele não é responsável pela demora na sua apreciação.

jun 22, 2022

Foto: Divulgação

O deputado estadual Elton Webber, do PSB, garantiu que não está atrasando a tramitação do projeto de lei que prevê a classificação do tabaco na propriedade do produtor. Em entrevista à Rádio Sobradinho, ele disse que respeita a preocupação dos vereadores de Arroio do Tigre que levantaram a discussão, mas afirmou que ele não é responsável pela demora na sua apreciação. Webber confirmou que pediu vista do projeto, mas que ficou com a matéria por dois meses para ouvir todas as partes envolvidas no assunto, como Afubra e Sinditabaco.

Ele argumentou que é importante ouvir quem tem interesse no tema até para evitar que a proposta seja questionada no futuro. O parlamentar ainda disse que não faz parte de um suposto grupo de deputados que estaria fazendo rodízio de pedidos de vista do projeto. E sugeriu que os vereadores questionam os demais deputados sobre o assunto. A crítica sobre a demora na apreciação do projeto partiu dos vereadores Carlinhos da Silva, do Progressistas, e Tiago Bertollo, do MDB, na última sessão da Câmara de Arroio do Tigre.

De autoria do deputado Zé Nunes, do PT, o projeto que prevê a classificação do fumo na propriedade rural tramita na Assembleia Legislativa desde 2015 e já recebeu inúmeros pedidos de vista. Atualmente, o projeto encontra-se com o deputado Ernani Polo, do Progressistas.