Cerro Branco e Paraíso do Sul sediam eventos do Instituto Crescer Legal

O educador das turmas, André Skolaude, entregou simbolicamente o crachá do Instituto aos jovens, contratados via Lei da Aprendizagem.

maio 5, 2022

Fotos: Divulgação

O Instituto Crescer Legal apresentou, nesta quarta-feira (04), os jovens aprendizes do Programa de Aprendizagem Profissional Rural em Cerro Branco e Paraíso do Sul. Os eventos reuniram autoridades, representantes de entidades, comunidade escolar, familiares e parceiros. Em Cerro Branco, os 26 jovens aprendizes foram apresentados em evento realizado na parte da manhã, na Escola Municipal de Ensino Fundamental Augusto Schultz. Esta já é a quarta turma no município. Em Paraíso do Sul, 20 jovens participam das atividades do curso voltado à gestão rural e ao empreendedorismo na Escola Municipal de Ensino Fundamental Rodrigues Alves.

O educador das turmas, André Skolaude, entregou simbolicamente o crachá do Instituto aos jovens, contratados via Lei da Aprendizagem. Diferentemente dos jovens aprendizes das áreas urbanas, os jovens do Instituto Crescer Legal não realizam atividades nas empresas. Eles recebem salário proporcional a 20 horas semanais para participar do curso que tem como objetivo promover a autonomia, o olhar empreendedor e a reconhecer no campo, a partir de atividades teóricas e práticas no contraturno escolar, oportunidades e possibilidades para seu futuro. Segundo o prefeito de Cerro Branco, Edson Lawall, muitos gostariam de ter a carteira assinada já aos 15 anos.

As duas prefeituras, por meio das secretarias municipais de Educação, além da cedência do espaço físico nas escolas, também auxiliam com a alimentação e logística de transporte diário para viabilizar o atendimento dos adolescentes que acontece desde o início de março. Iro Schünke, diretor presidente do Instituto Crescer Legal, lembrou a importância das parcerias e das associadas para o bom funcionamento dos programas.