Centro de Inovação da Unisc será referência em desenvolvimento e empreendedorismo regional

Ao todo, serão 6,2 mil metros quadrados que irão criar um ponto de conexão entre empresas consolidadas da região, startups, Unisc, sociedade civil organizada e governo.

maio 6, 2022

Com quase 17 anos oferecendo ambientes de inovação, a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc) está na fase final de elaboração dos projetos para a criação de um Centro de Inovação. A estrutura será constituída em Santa Cruz do Sul, ao lado do Centro de Convivência. A estrutura do prédio havia sido iniciada, mas a obra estava suspensa. Agora, os serviços devem começar ainda na metade do ano. Ao todo, serão 6,2 mil metros quadrados que irão criar um ponto de conexão entre empresas consolidadas da região, startups, Unisc, sociedade civil organizada e governo.

O diretor de Inovação e Empreendedorismo da Unisc, Rafael Kirst, destaca que a ideia é “colaborar para a consolidação da região como uma referência em inovação e empreendedorismo, conectando as empresas ao conhecimento científico gerado na universidade para a criação de produtos e serviços inovadores”. Ele enfatiza que a Unisc começou com a Incubadora Tecnológica (Itunisc), que apoia empreendedores da comunidade que precisam de ajuda para desenvolver ideias de negócio inovadoras, e depois constituiu o Parque Científico e Tecnológico Regional da Unisc (TecnoUnisc), cuja função é desenvolver projetos de pesquisa aplicada com empresas já consolidadas, e “hoje são 30 empresas associadas na TecnoUnisc e 20 startups em processo de incubação, e a nova estrutura permitirá um crescimento exponencial desses números, bem como, o potencial de impacto destes projetos”.

O prédio terá espaços colaborativos, salas de reuniões e salas de descompressão que promovem uma maior interação entre os diferentes usuários, sejam estudantes, colaboradores das associadas ou empreendedores da comunidade. Os investimentos necessários para a qualificação dos espaços físicos serão realizados por uma empresa parceira. Rafael Kirst salienta que o valor total dos investimentos ainda depende de ajustes nos projetos de engenharia e arquitetura, mas é estimado em R$ 25 milhões. Já o reitor da Unisc, Rafael Frederico Henn, destaca que o espaço será um hub de inovação regional para atender todos os municípios do Vale do Rio Pardo, para o desenvolvimento e empreendedorismo de empresas.