Audiência da Operação Supremacia ocorreu dentro da normalidade

Houve a oitiva de 13 testemunhas de acusação e defesa, além dos interrogatórios dos réus.

mar 11, 2022

Foto: Fabrício Ceolin/Rádio Sobradinho AM

Ocorreu dentro da normalidade nesta quinta-feira (10), a nova audiência de instrução do processo que envolve 12 réus, e que teve origem na Operação Supremacia. Eles foram denunciados por crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Houve a oitiva de 13 testemunhas de acusação e defesa, além dos interrogatórios dos réus. Agora, as partes (defesa e acusação), deverão apresentar suas alegações finais e depois vai para o juiz sentenciar.

A Operação Supremacia foi deflagrada em razão de um atentado ou tentativa de homicídio, a um agente penitenciário e seus familiares em Sobradinho, o qual segue tramitando na Vara do Tribunal do Juri, na fase de instrução, mas que em razão das investigações levadas a efeito pela autoridade policial, desdobraram-se em várias outras investigações criminais, culminando no ajuizamento de ações penais  pelo  Ministério Público pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, as quais  tramitam no Poder Judiciário de Sobradinho.

Dos 12 réus, 9 estão presos preventivamente, 2 seguem em prisão domiciliar, e um está em liberdade. A audiência contou com forte aparato de forças de segurança no Fórum de Sobradinho, bem como, nas imediações do prédio, onde ruas foram fechadas e o trânsito precisou ser desviado para as imediações.