Atentado a pizzaria de Arroio do Tigre pode ter relação com o tráfico de drogas

Ainda de acordo com a delegada, os indícios colhidos pela Polícia indicam que os disparos contra a pizzaria tiveram o objetivo de matar o dono e não apenas assustá-lo.

mar 30, 2022

O ataque a tiros a uma pizzaria de Arroio do Tigre, na noite da última segunda-feira (28), pode ter relação com o tráfico de drogas. Foi o que disse a delegada Graciela Foresti Chagas em entrevista à Rádio Sobradinho, nesta quarta-feira (30). Ela explicou que esta é uma das possibilidades e que ainda é necessário aprofundar as investigações. Conforme a delegada, o proprietário do estabelecimento já cumpriu pena por tráfico no passado.

A polícia também já aprendeu máquinas de caça-níquel no local. Foram dois homens que fizeram os cerca de 40 disparos usando pistola 9 milímetros e ponto 380. Graciela Foresti Chagas lembrou que são os mesmos calibres utilizados quando do atentado a casa de um agente penitenciário em Sobradinho há dois anos. Este fato resultou na maior operação policial já realizada na região, que culminou na prisão de um grande número de integrantes de uma facção criminosa que fornece drogas na região.

Ainda de acordo com a delegada, os indícios colhidos pela Polícia indicam que os disparos contra a pizzaria tiveram o objetivo de matar o dono e não apenas assustá-lo. Já em seu depoimento, o proprietário disse que foi ameaçado por um cliente há aproximadamente três semanas, após ter sido retirado do interior do estabelecimento. A polícia já possui indícios dos responsáveis pelo atentado e segue nas investigações.