Agricultora de Lagoão dá à luz pela segunda vez dentro de ambulância

Moradora de Caçador, interior de Lagoão, a agricultora Camila da Silva Vargas procurou a Unidade de Saúde do município ainda na madrugada de ontem, acompanhada pelo marido Eliseu de Moraes Ramos.

jan 9, 2024

Foto: Divulgação/Arquivo Pessoal

Passam bem a agricultora Camila da Silva Vargas e sua filha, recém-nascida, Ana Vitória. A criança nasceu nesta segunda-feira, 08, dentro da ambulância que levava a mãe de Lagoão para o Hospital Notre Dame São Sebastião, em Espumoso. Moradora de Caçador, interior de Lagoão, a agricultora Camila da Silva Vargas procurou a Unidade de Saúde do município ainda na madrugada de ontem, acompanhada pelo marido Eliseu de Moraes Ramos. Mesmo com poucas contrações, a gestante foi encaminhada para Espumoso. No entanto, ao longo do caminho as contrações aumentaram e o parto teve de ser feito dentro da ambulância, no trajeto entre Soledade e Espumoso.

Camila estava acompanhada pelo marido e pelas técnicas em enfermagem Luciana Pavanato e Maristela Machado, que fizeram o parto. Em entrevista ao programa Enfoque da Rádio Sobradinho, a agricultora relatou que esta foi a segunda vez que deu à luz dentro de uma ambulância. O mesmo havia ocorrido com sua primeira filha, no dia de Natal, há três anos. Naquela ocasião, as mesmas profissionais haviam feito o parto dentro do veículo da Secretaria da Saúde de Lagoão.

Já o pai da criança disse que foi uma emoção muito grande ver a filha nascer desta forma inusitada. O bebê estava com o cordão umbilical enrolado no pescoço, o que representa certo risco, mas não houve nenhuma complicação.  Ana Vitória pesou 3 quilos e 585 gramas.  Mãe e filha devem ter alta ainda hoje. Este foi o primeiro nascimento do município neste ano.