Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Geral 17/06/2019 15:06
Por: Redação

Desenvolvimento Regional: Corede/VRP faz renovação da Assembleia

Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc

  • Heitor Álvaro Petry - presidente do Corede VRP. Foto: divulgação
  • Composição da Assembleia do Corede VRP. Foto: divulgação

O Conselho Regional de Desenvolvimento Regional do Vale do Rio Pardo – Corede/VRP, promoverá no dia 25 de junho, às 9h, na sala 101 da Unisc campus Santa Cruz do Sul, uma reunião para eleição dos novos integrantes da assembleia geral regional, biênio 2019/2021. Com a definição dos representantes, o presidente do Corede/VRP, Heitor Álvaro Petry, fará a convocação da assembleia para a primeira quinzena do mês de julho, com o objetivo de eleger a diretoria executiva e o conselho fiscal. A assembleia geral regional é o órgão máximo de deliberação do Corede/VRP, sendo constituída tanto por membros natos, como também por membros eleitos e/ou indicados para os segmentos da sociedade civil organizada, totalizando uma representação de trinta entidades.

A assembleia é constituída por membros da Diretoria Executiva; Senadores, Deputados Federais e Estaduais com domicílio eleitoral na região; Prefeitos dos municípios da área do conselho;presidentes das Câmaras de Vereadores dos municípios que compõem este conselho;presidentes dos Conselhos Municipais de Desenvolvimento (Comudes);ex-presidentes do Corede/VRP;representante de cada Universidade e Instituição de Ensino Superior com sede ou campus com atividade presencial na região; representante da Emater/RS – Ascar; do Centro Vocacional Tecnológico do Vale do Rio Pardo – CVT; do Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo; e do Parque Científico e Tecnológico Regional. Todos esses são membros natos, não havendo a necessidade de serem eleitos, no entanto, as respectivas entidades devem estar representadas por seus membros, no dia da assembleia, com a indicação feita também por ofício.

As demais representações da sociedade civil organizada, que serão eleitas na assembleia geral regional no dia 25, são formadas por Classe Trabalhadora – Rural, Comércio, Serviços e Indústria, indicados pelos Sindicatos constituídos na região;Classe Empresarial – Rural, Comércio, Serviços e Indústria, indicados pelas entidades associativas constituídas na região;Uniões de Associações Comunitárias, sendo um da área rural e um da área urbana;Cooperativas da região; Micro e Pequenos Empresários;Associação de Turismo da Região do Vale do Rio Pardo – ATURVARP;Sociedade civil legalmente organizada, constituída por entidades como as de profissionais liberais, entidades religiosas, clubes de serviço, entidades culturais, de promoção social, movimentos ecológicos, de defesa da cidadania e similares;Agremiações Estudantis oficiais da região;Órgãos públicos da região, em nível estadual;Área da Educação;Área da Saúde;Área do Meio Ambiente e Agroecologia/Produção Orgânica;Organizações Não Governamentais – ONGs;Área da Segurança Pública;Conselho Comunitário das Regiões das Rodovias Pedagiadas do Trecho 08;Arranjo Produtivo Local – APL de Agroindústria e Alimentos da Agricultura Familiar do VRP;Comitê Pardo;Desenvolvimento Local e Regional e Pessoas com Deficiência.

De acordo com o presidente do Corede/VRP, Heitor Petry, todas as entidades citadas acima poderão se fazer representar e terem direito a terem representantes eleitos de acordo com a quantidade de vagas que existe para cada segmento. Lembrando que as representações nominadas devem vir acompanhadas de representação suplente, sendo o mandato, tanto dos membros indicados, quando eleitos, com duração de dois anos, permitida reeleições.Também serão tratados assuntos como a prestação de contas das verbas da manutenção e Consulta Popular de 2018, apreciação de projetos do Polo de Modernização Tecnológica do Vale do Rio Pardo, escolha da comissão eleitoral, Consulta Popular, Comitês Setoriais do Plano Estratégico Regional, entre outros assuntos.