Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 06/02/2019 14:11
Por: redacao

Lançada frente parlamentar pela duplicação da RSC-287

O documento tem 25 assinaturas de deputados, sendo que o mínimo exigido são 19 assinaturas.

O movimento Duplica 287, lançado em 2018 por lideranças de Santa Cruz do Sul e Santa Maria, recebeu nesta terça-feira (05) um apoio importante para a luta pela duplicação da rodovia que liga o centro do Estado até a Tabaí-Canoas, no caminho para Porto Alegre. No ano passado, o movimento havia pedido a apoio de diversos candidatos a deputado e a governador, e nesta terça, o parlamentar santa-mariense Valdeci Oliveira (PT) protocolou na Assembleia Legislativa o pedido de criação da Frente Parlamentar em Defesa da Duplicação da RSC-287, trecho Santa Maria - Tabaí. O documento tem 25 assinaturas de deputados, sendo que o mínimo exigido são 19 assinaturas.

O deputado Giuseppe Riesgo (Novo), que também é representante de Santa Maria, está entre os que assinaram o pedido de criação do movimento. Com isso, na próxima terça-feira, a Mesa Diretora da Assembleia dará ciência da criação da Frente, o que permite o lançamento oficial do colegiado. Por enquanto, a tendência é que o governo Eduardo Leite (PSDB) toque em frente o projeto que iniciou no governo Sartori (MDB) de lançar um edital de concessão para instalação de pedágios nos 207 km da rodovia, entre Santa Maria e Tabaí.

Um estudo da empresa KPMG deve ser apresentado em breve definindo os detalhes da concessão, como locais e valores dos pedágios, além de datas previstas para duplicar cada trecho da rodovia. Com essa frente parlamentar, aumenta a pressão e a fiscalização para que, ao lançar o edital de concessão, o governo preveja mesmo a duplicação e não faça como no governo Brito, em que as estradas foram pedagiadas sem exigir melhorias, apenas a manutenção. Isso serviu de aprendizado e a esperança é que não seja repetido. A estrada sem duplicação custa vidas, tempo e dinheiro.