Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Cultura 26/11/2018 14:34
Por: redacao

Projeto Arte e Cidadania pretende construir sua sede própria

O projeto arquitetônico está elaborado, e inclusive já existe a possiblidade da cedência de um terreno para a obra.

  • Fotos: projeto Fernando Mai

O Projeto Arte e Cidadania de Sobradinho pretende dar mais um passo: a construção de sua sede própria. O projeto arquitetônico está elaborado, e inclusive já existe a possiblidade da cedência de um terreno para a obra. De acordo com a coordenadora Cátia Dalmolin, atualmente o Projeto utiliza o auditório da Escola Copetti, as dependências do Ginásio Castelão e da Quadra da Praça Cornedo Vicentino.

Falando ao programa ENFOQUE da Rádio Sobradinho AM, Cátia disse que embora estes locais estejam dando conta das atividades, ter uma sede própria é um sonho, garantindo a possibilidade de ampliar as atividades com maior aproveitamento. O projeto foi elaborado gratuitamente pelo arquiteto Fernando Mai, e prevê um prédio de dois pisos com salas multiuso, refeitório, copa e banheiros no primeiro andar, e quadra poliesportiva, vestiários e palco multiuso no segundo andar.

De acordo com Mai, trata-se de uma arquitetura diferente dos demais ginásios de esportes, e por isso, também o valor é mais elevado. O orçamento, no entanto, ainda não está pronto. Para o arquiteto, o fato de a obra ser mais complexa, com linhas mais ousadas, pode até auxiliar na busca por patrocínio, já que grandes empresas fazem questão de associar seu nome a obras marcantes. Cátia Dalmolin ressaltou que o Arte e Cidadania já tem contatos com algumas grandes empresas do Estado, e que o objetivo é também buscar recursos de emendas parlamentares e de outros órgãos do governo Federal.

Segundo ela, a futura sede seria disponibilizada para uso de outros projetos sociais. O projeto Arte e Cidadania atende mais de duzentas crianças em oficinas de Esporte, Canto Coral e Teatro. Para encerrar o ano, o Projeto vai promover dia 14 de dezembro, o espetáculo Autos de Natal. Haverá caminhada luminosa, encenação do nascimento de Cristo, apresentação da Orquestra Jovem do Rio Grande do Sul – com 42 integrantes – em frente a Casa da Cultura, e show de fogos coloridos.