Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Política 25/01/2019 14:21
Por: redacao

Deputados Estaduais do Centro Serra vão receber mais R$ 50 mil de auxílio mudança

Apenas 2 dos 19 deputados gaúchos reeleitos para a Câmara Federal, abriram mão do auxílio-mudança no valor de R$ 67,4 mil – Heitor Schuch (PSB) e Bohn Gass (PT). No Senado, o reeleito Paulo Paim (PT) também abriu mão.

Apenas 2 dos 19 deputados gaúchos reeleitos para a Câmara Federal, abriram mão do auxílio-mudança no valor de R$ 67,4 mil – Heitor Schuch (PSB) e Bohn Gass (PT). No Senado, o reeleito Paulo Paim (PT) também não vai solicitar o benefício. Ao iniciar e ao terminar o mandato, os parlamentares podem ganhar ajuda de custo no valor de um salário de deputado, de R$ 33,7 mil, para mudança de residência. Os deputados reeleitos têm direito ao dobro desse valor: um salário que representa o encerramento e outro para o início da legislatura.

Em Minas Gerais, a Justiça Federal concedeu liminar determinando que os presidentes da Câmara e do Senado Federal se abstenham de efetuar ou autorizar o pagamento de auxílio-mudança para os parlamentares reeleitos. A ação foi provocada por um vereador de Minas Gerais. Na visão do autor, o benefício não se justifica nesses casos uma vez que o candidato eleito já está no domicílio. A Câmara recorreu da decisão.

Vão receber os R$ 64,4 mil brutos os deputados reeleitos e sem necessidade de mudança de residência os deputados gaúchos Giovani Cherini (PR), Paulo Pimenta (PT), Dionilso Marcon (PT), Henrique Fontana (PT), Carlos Gomes (PRB), Covatti Filho (PP), Danrlei (PSD), Márcio Biolchi (MDB), Alceu Moreira (MDB), Afonso Hamm (PP), Maria do Rosário (PT), Giovani Feltes (MDB), Jerônimo Goergen (PP), Pompeo de Mattos (PDT) e Afonso Motta (PDT). Onyx Lorenzoni (DEM) e Osmar Terra (MDB) ministros do governo Bolsonaro, não receberão a segunda parte do auxílio-mudança.

Já na Assembleia Legislativa do Estado, também há este benefício. Mesmo sem necessidade de mudança, 17 deputados estaduais receberão o valor referente a um salário de parlamentar de R$ 25,3 mil, que é paga a cada início e fim de mandato. Quem é reeleito, também recebe o dobro desse valor sem a necessidade de mudança de residência. Na lista dos que irão receber a “ajuda de custo da Assembleia” no valor de R$ 50,6 mil, aparece os deputados reeleitos aqui do Centro Serra – Adolfo Brito (PP) natural de Sobradinho e Luiz Fernando Mainardi (PT) natural de Serrinha Velha – Segredo.

Somente três dos deputados de primeiro mandato abriram mão do benefício: Giuseppe Riesgo e Fábio Ostermann (Novo) e Ruy Irigaray  (PSL). Dos reeleitos, Elton Weber do PSB prometeu doar o valor para uma instituição assistencial.

Já os Deputados em fim de mandato na Assembleia Gaúcha, mas que serão deputados federais, também vão receber auxílios. Eles receberão R$ 25.322, da Assembleia Gaúcham, além do auxílio-mudança da Câmara dos Deputados de R$ 33.763. Neste caso estão: Liziane Bayer (PSB), Lucas Redecker (PSDB), Marcelo Moraes (PTB), Marlon Santos (PDT), Maurício Dziedricki (PTB), Pedro Westphalen (PP) e Ronaldo Santini (PTB).