Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Rural 03/11/2018 12:02
Por: redacao

Técnico avalia o plantio da soja em Arroio do Tigre

Segundo ele, os produtores que não plantaram, ainda podem fazer a dessecação da lavoura, o quanto antes possível, para que chegue na época do plantio, e essa palhada esteja bem seca e se se decomponha para facilitar o plantio.

O técnico agrícola da unidade da Cotriel de Arroio do Tigre, destacou que área de trigo foi de cerca de 500 hectares plantados, mas o volume de chuva, pouca luminosidade, pouco sol e o frio prejudicaram a qualidade e a produtividade, que ficou entre 30 e 40 sacos por hectare. Quanto ao manejo para o plantio da soja, Tiago Eichelberger recomenda que se tome cuidado com as buvas que não foram controladas, fazendo uma dessecação de forma mais efetiva.

Segundo ele, os produtores que não plantaram, ainda podem fazer a dessecação da lavoura, o quanto antes possível, para que chegue na época do plantio, e essa palhada esteja bem seca e se se decomponha para facilitar o plantio. O técnico salienta que o produtor deve fazer a aplicação sequencial a tempo, enquanto não é feito o plantio, porque depois que a soja começa a nascer isso não será mais possível.

Quanto à expectativa do fim do plantio de soja, ele enfatizou que o mesmo começou dia 10 de outubro, parando temporariamente devido ao período seco e por causa da colheita de outras cultivares como cevada. Tiago Eichelberger acrescenta que até o momento 20% da área de soja de Arroio do Tigre, que tem um total de 8 mil e 500 hectares, já foram plantados.