Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Geral 17/03/2020 14:40
Por: Redação

Primeira etapa da campanha de vacinação da febre aftosa foi antecipada

Na região o número de cabeças de gado vacinadas deverá chegar próximo a 27 mil animais.

A primeira etapa da campanha de vacinação da febre aftosa, prevista para maio, foi antecipada. O início ocorreu ontem (16) e se estenderá até14 de abril. A antecipação foi solicitada pelo secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, e autorizada em parecer do Ministério da Agricultura. A dose da vacina segue a mesma das etapas anteriores, de 2 ml. Em todo o Rio Grande do Sul a expectativa é que 12 milhões e meio de animais sejam imunizados, entre bovinos e bubalinos de todas as idades.

Covatti Filho esteve em Brasília, acompanhado do governador do estado Eduardo Leite, onde participaram de reunião com a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. O objetivo principal do encontro foi apresentar as principais demandas do agronegócio para atenuar os efeitos da estiagem que atingiu o estado nos últimos meses. Além disso, a dupla aproveitou a viagem para pedir ao Ministério da Agricultura a antecipação da campanha de vacinação contra a febre aftosa. Nos últimos meses, o Rio Grande do Sul tem se preparado para pedir a retirada da vacina contra a febre aftosa para a Organização Mundial da Saúde Animal.

Auditores do Mapa estiveram no estado em setembro do ano passado analisando a possibilidade de extinção da imunização. Em janeiro de 2020, a pasta enviou ao governo do estado o relatório da auditoria que indicava 18 pontos a serem melhorados até o próximo mês de agosto. A antecipação da vacina é um importante passo para a retirada da vacina.

Em Sobradinho, na área de abrangência da Inspetoria Veterinária, serão quase 18 mil animais vacinados. Em Segredo, 4 mil e 900 animais, Passa Sete 5 mil e 200, Lagoa Bonita Mil e 400, Ibarama 3 mil e Sobradinho 3 mil e 400 animais deverão receber a dose. Em Arroio do Tigre, 8 mil e 900 animais receberão a dose da vacina contra a febre aftosa. Na região o número de cabeças de gado vacinadas deverá chegar próximo a 27 mil animais.