Logo Rádio Sobradinho AM & Jacuí FM
Saúde 27/11/2017 14:28
Por: Redação

Secretaria da Saúde e Pastoral da AIDS vão promover atividades de prevenção a doenças sexualmente transmissíveis

Também será abordada a importância do uso de preservativos, serão entregues materiais informativos e haverá o encaminhamento de teste rápido para HIV e Sífilis. 

Na próxima sexta-feira (01) será comemorado o Dia Mundial de Luta contra a AIDS. Em Sobradinho as atividades iniciam às 9 horas, se estendendo até às 16 horas, quando equipes da Secretaria Municipal de Saúde e Pastoral da AIDS estarão na Praça Três de Dezembro para prestar orientações à população sobre as formas de contaminação e prevenção do vírus HIV.

Também será abordada a importância do uso de preservativos, serão entregues materiais informativos e haverá o encaminhamento de teste rápido para HIV e Sífilis. Lojas serão visitadas,  com orientações, entrega de materiais e de laços vermelhos, símbolo da luta contra a AIDS. Às 19 horas será celebrada Missa em valorização à vida, na Igreja Matriz dos Navegantes. Pessoal da Secretaria de Saúde e agentes da Pastoral da AIDS, percorreram no mês de novembro, as escolas municipais para a promoção de atividades educativas abordando as Infecções Sexualmente Transmissíveis, AIDS e gravidez na adolescência.

No decorrer do ano, o grupo também promoveu diversas ações educativas nas comunidades, a fim de alertar sobre a prevenção do vírus HIV e de outras infecções sexualmente transmissíveis. O grupo de trabalho destaca ainda as ações de acolhimento às pessoas que vivem e convivem com o HIV, bem como o incentivo a adesão ao tratamento e a inclusão social. Neste ano, destaque também para a 6ª capacitação dos agentes da Pastoral da AIDS da Paróquia dos Navegantes e suas ações em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde, na busca por reafirmar as estratégias e contribuir para o fim da epidemia através do esforço da sociedade.

Em 2017, a Secretaria Municipal de Saúde acompanhou aproximadamente 46 pessoas portadoras do vírus HIV, e ainda foram diagnosticados dois novos casos da infecção. A estimativa é de que 0,3% da população esteja com HIV em Sobradinho. A Pasta da Saúde também alerta para os casos de sífilis, que neste ano tiveram um aumento significativo no município, comparados às estatísticas em nível estadual. A sífilis é também uma infecção grave, com riscos para a saúde, principalmente das gestantes. O diagnóstico precoce tanto da sífilis quanto do HIV, pode ser feito através de exames disponíveis em todas as Unidades de Saúde do município, são os chamados testes rápidos, sendo necessária apenas uma gota de sangue e a espera de 20 minutos para o resultado.

Para tanto, basta procurar um profissional da saúde, de preferência a enfermeira da Unidade, sem necessidade de solicitação escrita, ficando totalmente em sigilo. A Secretaria de Saúde lembra que o diagnóstico precoce faz parte de uma proposta mundial de controle da AIDS, aumentando a expectativa de vida da pessoa que vive com o vírus. A equipe da Saúde destaca ainda que todas as Unidades do município distribuem preservativos masculinos e femininos, que podem ser retirados pela população de forma gratuita.